Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1095
metadata.dc.type: Dissertação
Title: FAMILIA E CUIDADORES DOMICILIARES: IDENTIFICAÇÃO DAS REDES DE APOIO E SUPORTE UTILIZADAS NO DOMICÍLIO
Other Titles: FAMILY AND HOME CARETAKERS: IDENTIFICATION OF THE NETS OF SUPPORT AND SUPPORT USED IN THE HOME
metadata.dc.creator: Paula, Dagoberto Mior de
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Yolanda Flores e
metadata.dc.contributor.referee1: Verdi, Marta Inez Machado
metadata.dc.contributor.referee2: Próspero, Elisete Navas Sanches
metadata.dc.description.resumo: Estudos tem demonstrado a influência das redes de apoio e suporte sobre o processo de saúde e doença, sendo que, estas redes podem afetar de forma positiva ou negativa este processo. Neste contexto o estudo aqui descrito teve como objetivo identificar as redes de apoio e suporte utilizadas pelas famílias de Balneário Camboriu, moradoras do bairro da Barra do Rio, durante uma enfermidade ou outros problemas limitantes do ponto de vista do processo saúde e doença. Os procedimentos metodológicos foram realizados com uma abordagem qualitativa e o uso da metodologia do estudo de caso. Os informantes foram escolhidos a partir de uma amostra intensional constituída por 10 famílias. Os dados foram coletados no período de outubro de 2004 a dezembro de 2004, através de entrevista com um roteiro semi-estruturado e observação sistemática, das pessoas e ambientes. A analise das entrevistas seguiu a metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo(DSC). Em relação aos resultados obtidos constatamos que a concepção do que é ter saúde é associada a não ter dor, não estar triste, poder trabalhar, não ter apatia, dentre outros significados. Já em relação ao que seria estar doente as respostas obtidas são praticamente o oposto do que estes relatam sobre o quer é saúde. No que tange as redes de apoio e suporte, a família foi um dos itinerários mais citados, assim como médicos, posto de saúde, vizinhos, amigos, rituais de orações dentre outros. Os profissionais mais citados pelos participantes do estudo foram enfermeiros, auxiliares de enfermagem, farmacêuticos, agentes comunitários de saúde e médicos. A partir da analise dos dados concluímos que identificação e a compreensão das redes de apoio e suporte constitui-se numa fonte de evidências úteis para a atuação dos profissionais e para a organização dos serviços de saúde. Ou seja, o estudo dos itinerários de cura e cuidado e suas relações com as redes apoio e suporte podem contribuir para uma visão integral do ser humano no seu contexto social, superando as dicotomias entre o sistema formal de saúde e as ações cotidianas de seus clientes, de modo a estabelecer um diálogo interdisciplinar entre o saber científico e o popular.
Keywords: família, cuidadores domiciliares, redes de apoio e suporte
family
home caretakers
nets of support and support
Família - Saúde e higiene
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Saúde da Família
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Saúde e Gestão do Trabalho
Citation: PAULA, Dagoberto Mior de. FAMILY AND HOME CARETAKERS: IDENTIFICATION OF THE NETS OF SUPPORT AND SUPPORT USED IN THE HOME. 2005. 63 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2005.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1095
Issue Date: 11-Oct-2005
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DAGOBERTO PAULA.pdf611,5 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.