Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1146
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorValduga, Ana Paula Wancura-
dc.creator.IDCPF:93881991034por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9819434941774646por
dc.contributor.advisor1Serrano, Alan Indio-
dc.contributor.advisor1IDCPF:27130606053por
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5306958757927506por
dc.date.accessioned2015-08-26T18:42:31Z-
dc.date.available2008-08-05-
dc.date.issued2007-09-12-
dc.identifier.citationVALDUGA, Ana Paula Wancura. Avaliação do programa de prevenção do câncer do colo uterino através dos indicadores preconizados pelo Instituto Nacional do Câncer. 2007. 152 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2007.por
dc.identifier.urihttps://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1146-
dc.description.resumoEsta pesquisa avalia as ações do Programa de Prevenção do Câncer do Colo do Útero no município de Itajaí, Santa Catarina, num período de cinco anos, de 2001 a 2005, utilizando dados estatísticos do SISCOLO, SIA/SUS, seguindo o referencial teórico de Avedis Donabedian. Foram avaliados os componentes dos serviços de saúde que realizam atividades preventivas ao câncer do colo de útero quanto à estrutura, aos processos e aos resultados do trabalho, conforme preconiza o INCA. Observamos que os recursos físicos, relacionados aos indicadores de estrutura, provêem as necessidades locais, uma vez que a unidade descentralizada do CEPON supre a demanda e o Laboratório Municipal e as unidades sanitárias comportam o volume de pacientes que buscam estes serviços no município. Os indicadores de processo apresentam divergências. Somente cerca de vinte e sete por cento da população alvo é coberta por ações de prevenção, existe quase trinta e cinco por cento de lâminas lidas que não constam como coletadas e os serviços locais realizam mais registro para recebimento dos débitos do que para construir uma base de dados epidemiológicos. As rotinas impostas em cada unidade ainda não consideram as questões populacionais e não se mostram voltadas à universalização e aos procedimentos preventivos, influenciando, desta forma, os indicadores de resultado, visto que não podemos afirmar a real dimensão de mulheres com câncer de colo uterino no município. A educação para a importância da prevenção do câncer ainda é precária e provavelmente permeia a quase totalidade do sistema de saúde que depende do gerenciamento e da organização dos serviços locais de saúde, da quantidade e da qualidade da assistência oferecida, da adesão da população feminina e de uma melhoria nos sistemas de informação para encaminhar, desta forma, às transformações e mudanças necessárias para o êxito do programa preventivopor
dc.description.abstractThis research evaluates actions of the Cervical Cancer Prevention Program applied to Itajaí, a city in Santa Catarina State, in Southern Brazil, for the five year period from 2001 to 2005, based in Brazilian official SISCOLO and SIA/SUS data banks. Donabedian s evaluation method was used. Health services components were evaluated according to their structure, processes and outcomes, calculating indicators which have been preconised by the Brazilian National Cancer Institute (INCA). Physical resources and access resources to decentralized basic health services network could be considered good and enough for local basic needs. A decentralized unit for cancer therapy covers most of the specialized needs through local branch of Oncology Research (CEPON). A Municipal Laboratory supplies needs for cell oncology and infection cytology. Process indicators show registry difficulties. Local services are more interested on registering to receive payments of debts from the national health system than on registering to build an epidemiological data basis. Only twenty seven percent of the targeted population participated in preventive actions and almost thirty five percent of blades exists chores that do not consist as collected. Local health services routines, as a whole, still do not consider some questions dealing with population and demography, as well as they are not prepared to deal with the necessary opening to universal access and education for preventive procedures. These problems generate impacts read as outcome indicators, showing most of female population out of preventive cervical cancer prevention practiceseng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttps://siaiap30.univali.br/tede/retrieve/3295/Ana%20Paula%20Wancura%20Valduga.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade do Vale do Itajaípor
dc.publisher.departmentSaúde da Famíliapor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUNIVALIpor
dc.publisher.programMestrado em Saúde e Gestão do Trabalhopor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectsaúde públicapor
dc.subjectorganização e administraçãopor
dc.subjectavaliaçãopor
dc.subjectneoplasias do colo do úteropor
dc.subjectpublic healtheng
dc.subjectorganization and administrationeng
dc.subjectevaluationeng
dc.subjectcervix neoplasmseng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::SAUDE PUBLICApor
dc.titleAvaliação do programa de prevenção do câncer do colo uterino através dos indicadores preconizados pelo Instituto Nacional do Câncerpor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Paula Wancura Valduga.pdf1,83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.