Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1185
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Políticas de educação profissional em saúde: Projeto Larga Escala e Educação Permanente - uma análise comparativa
Other Titles: Politicies of professional health education: the large-scale and continuing education projects a comparative analysis
metadata.dc.creator: Rodrigues, Tereza Miranda
metadata.dc.contributor.advisor1: Johnson, Guillermo Alfredo
metadata.dc.contributor.referee1: Leite, Silvana Nair
metadata.dc.description.resumo: No âmbito do Sistema Único de Saúde, criado num contexto de transformações e reformas nas políticas sociais brasileiras, uma das preocupações é a educação profissional de trabalhadores coerente com esse sistema. Nesse sentido duas importantes políticas, o Projeto Larga Escala (PLE) e a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS) são objetos de descrição e análise comparativa nesse trabalho. Implantadas em momentos diferentes pelo Ministério da Saúde, as duas políticas apresentam correlações e distanciamentos. O PLE, implantado em 1985, tinha como objetivo principal, qualificar principalmente os trabalhadores de nível médio e elementar da área da saúde. A PNEPS, implantada em 2004, objetiva a reorganização das práticas de formação, atenção, gestão, formação de políticas e participação da sociedade no setor saúde. Ambas são permeadas por uma concepção pedagógica emancipadora, a problematização. Esta pesquisa teve como objetivo geral analisar mudanças na concepção de formação profissional desenvolvida para os trabalhadores da área da saúde através de uma análise comparativa entre o PLE e a PNEPS. Como objetivos específicos foram estabelecidos: identificar as bases conceituais (homem, formação profissional, educação), princípios norteadores, intencionalidades e metas do PLE e PNEPS; contextualizar o PLE e a PNEPS em seus eixos socioeconômico e político, destacando a problematização como eixo norteador pedagógico; revisar os fundamentos teóricos para a problematização; e apresentar subsídios (síntese propositiva) para agregar às capacitações pedagógicas do Centro Formador de Recursos Humanos, contribuindo com a problematização na busca de um aprimoramento na concepção crítica da sociedade. A Análise Documental e a Entrevista Semiestruturada constituíram o percurso metodológico. A pesquisa evidenciou que apesar do caráter perene da concepção burguesa de educação no seu plano geral, há mudança na concepção da formação profissional desenvolvida para os trabalhadores da saúde nos contextos estudados. De uma concepção utilitarista na década de 1970 com os Programas de Extensão de Cobertura, passou para uma concepção socialista na década de 1980 com o PLE, chegando a uma concepção globalizada de educação com a PNEPS no 1º decênio do século XXI. As duas políticas convergem em muitos conceitos como, por exemplo, descentralização e se distanciam no que tange ao financiamento
Abstract: In the scope of Sistema Único de Saúde (the Brazilian national health system), created in the context of changes and reforms in the Brazilian social policies, one of the concerns is a professional education of workers that is consistent with this health system. In this respect, two important policies, the Large-Scale Project (PLE) and the National Policy for Continuing Education in Health (PNEPS) are described and comparatively analyzed in this work. Implemented at different times, through the Ministry of Health, the two policies have points in common and points of difference. The main objective of the Large-scale project, implemented in 1985, was to qualify high-school level workers in the area of health care. The National Policy on Continuing Education in Health, established in 2004, was a key strategy for the reorganization of training practices, health care, management, policy formation and public participation in the health sector. Both are permeated by an emancipatory pedagogical concept, problematization. The general objective of this study was to analyze changes in the design of professional training developed for workers in the health field, through a comparative analysis between the PLE and the PNEPS. Specific objectives were established: to identify the conceptual bases (man, professional training, education), guiding principles, goals and intentions; to contextualize the PLE and the PNEPS in social-economic and political terms, highlighting investigation as a pedagogical guideline; to review the theoretical foundations for the investigation; and to provide subsidies (propositional synthesis) for aggregating the pedagogical skills of the Human Resources Training Center, seeking to contribute to the investigation, in search of an improvement in the design critique of society. The methodological approach consisted of Document Analysis and semi-structured interviews. The research showed that despite the perennial character of the bourgeoise constitution of education at a general level, there has been a change in the design of the training developed for health workers in the contexts studied. The utilitarist concept in the 1970s, with the increased coverage programs, moved to a socialist concept in the 1980s with PLE, reaching a global concept of education with the PNEPS in the first decade of the 21st century. The two policies are comparable in many aspects, such as their concept of decentralization, but differ in relation to financing
Keywords: educação profissionalizante
políticas públicas
formação de recursos humanos
professional education
public policies
training of human resources
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Saúde da Família
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Saúde e Gestão do Trabalho
Citation: RODRIGUES, Tereza Miranda. Politicies of professional health education: the large-scale and continuing education projects a comparative analysis. 2009. 220 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2009.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1185
Issue Date: 7-Dec-2009
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tereza Miranda Rodrigues.pdf813,62 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.