Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1225
metadata.dc.type: Dissertação
Title: O CUIDADO DE SI: AS POSSIBILIDADES DE TRANSFORMAÇÃO NO COTIDIANO DO DOCENTE DE ENFERMAGEM
Other Titles: Self-care: the possibilities of transformation in the daily lives of nursing teachers
metadata.dc.creator: Marichal, Ondina Machado de
metadata.dc.contributor.advisor1: Leopardi, Maria Tereza
metadata.dc.contributor.referee1: Wendhausen, águeda Lenita Pereira
metadata.dc.contributor.referee2: Sanches, Elizabeth Navas
metadata.dc.description.resumo: Trata-se de um estudo sobre o cuidado de si e as possibilidades de transformação no cotidiano dos docentes enfermeiros, de um curso técnico em enfermagem, de uma instituição pública do nordeste de Santa Catarina. Teve como parte do aporte teórico a publicação Tecnologias do Eu, de Michel Foucault (2008). O autocuidado é relativo ao individuo como um todo; o que se vê, por exemplo, o seu corpo, o ambiente ao seu redor, o entorno, a história, a vida social; e também o que não se vê, como a alma, o espírito, os pensamentos, as emoções, isto é, o lado subjetivo. Para a coleta dos dados, a estratégia utilizada foi a de oficinas, utilizando as rodas de conversa, por ser uma técnica de intervenção, transformadora, inclusiva, acessível e de construção compartilhada. Todas as rodas de conversa foram gravadas, transcritas, organizadas, validadas, codificadas com nomes de flores típicas da região de Joinville e analisadas. Também foi utilizado o diário de campo. A análise dos dados é apresentada de uma forma descritiva e interpretativa, procurando preservar a maneira como as participantes se expressaram em relação ao cuidado de si e a razão de elas realizarem ou não este cuidado cotidianamente. A análise qualitativa foi realizada sob a forma de narração das falas, seguindo uma organização de acordo com os temas que apareceram. Essa pesquisa mostrou que a maioria absoluta dos docentes enfermeiros, embora sejam profissionais do cuidado, não se cuidam. Os enfermeiros cuidam de seus afazeres, dos outros, mas não de si mesmos, e quando se tornam docentes continuam com a mesma atitude. Talvez o problema não seja propriamente o trabalho, mas as condições de vida, que exigem uma rotina desgastante, condicionando fadiga e estresse, que se agrava com as características do trabalho docente
Abstract: This study is about self care and the possibilities of transformation in the daily lives of nursing teachers of a technical nursing course of a Brazilian public institution in the northeast of the State of Santa Catarina. Its theoretical basis uses the publication "Technologies of the self", by Michel Foucault (2008). Self care is related to the person as a whole; that which is visible, for example, our body, our context, the environment, the history, the social life; and also that which is invisible, as the soul, spirit, thoughts, emotions, i.e., the subjective side. Data were collected by means of workshops, through discussion groups, as this is a transforming intervention technique and one that is accessible and of shared construction. All the discussion group meetings were recorded, transcribed, organized, validated, and coded using names of flowers found in the Joinville region, and then analyzed. A field diary was also used. The analysis is presented in a descriptive and informative way, seeking to preserve the way in which the participants expressed themselves in relation to self care, and their reasons for doing it, or not, in their daily lives. The qualitative analysis was done by discourse narration, following an order according to the themes raised for discussion. This research showed that the majority of the nursing teachers, despite working in the care business, do not take proper care of themselves. The nurses did their tasks, and took care of others, but did not take care of themselves, and then when they became teachers they continued in the same attitude. The problem may not be the work itself, but the living conditions, which require a stressful routine that leads to high levels of fatigue and stress, which aggravates with the characteristics of teaching work
Keywords: assistência a saúde
educação em saúde
educação continuada
Enfermeiros - Saúde e higiene
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Saúde da Família
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Saúde e Gestão do Trabalho
Citation: MARICHAL, Ondina Machado de. Self-care: the possibilities of transformation in the daily lives of nursing teachers. 2011. 145 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2011.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1225
Issue Date: 6-Dec-2011
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ondina Machado de Marichal.pdf904,84 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.