Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1296
metadata.dc.type: Dissertação
Title: TURISMO E SEGURANÇA PÚBLICA
metadata.dc.creator: Braggio, Laércio Antônio
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Yolanda Flores e
metadata.dc.description.resumo: Fenômeno multiforme, que envolve uma complexidade de conflitos e comportamentos, a violência se tornou um drama, associado as causas predominantemente sociais, que assume contornos e dimensões preocupantes na sociedade contemporânea. O medo gerado pela violência amputa a vida social e isto repercute na mobilidade das pessoas, não apenas alterando roteiros cotidianos, mas influenciando também as viagens e o turismo. Neste contexto, pode-se dizer que a segurança pública constitui elemento indissociável da rede de ofertas e serviços imbricados ao atendimento turístico, representando fator importante e condicionante da imagem da cidade como destino turístico. Quando o destino turístico começa a incorporar vulnerabilidades, o turista antevê riscos e tende a mudar sua rota. Num mundo regido pela insegurança, pelo medo da violência, qualquer sinal de instabilidade pode resultar na rejeição a um determinado destino. Daí a importância de trabalhos conduzidos no sentido de conhecer e entender as relações intrínsecas entre turismo e segurança pública. A intenção da pesquisa aqui proposta é estabelecer conexões entre violência e turismo de massa, com objetivo de conhecer o estágio atual dos registros e discursos sobre os conflitos e violências mais comuns na temporada turística de verão do município de Balneário Camboriú (SC). A pesquisa caracteriza o ambiente sócio-espacial do município e dos espaços de maior circulação de turistas e da população local. No estudo realizado foi adotado o método qualitativo que permite o uso de diferentes instrumentos e recursos para a coleta de dados, como a observação do fenômeno durante a investigação. Apresenta uma abordagem das construções teóricas sobre turismo e violência e registros e discussões sobre conflitos e violências de acordo com a percepção de cinco profissionais da área de Segurança Pública de Balneário Camboriú, através da análise do discurso do sujeito coletivo. Após a análise do discurso do sujeito coletivo percebe-se que a violência não é causada diretamente pelo turismo, mas sim pelo aumento da população em geral.
Abstract: Violence, a multiform phenomenon that involves a complexity of conflicts and behaviors, has become a drama that is associated with predominantly social causes, which take on alarming forms and dimensions in society contemporary. The fear generated by the violence disrupts the social life, and this is affecting people s mobility, not only altering daily routines, but also influencing travel and tourism. In this context, it can be said that public security is an element that is inseparable to the network of offers and services that form part of tourism service, and is an important factor determining the image of the city as a tourism destination. When the tourism destination begins to incorporate vulnerabilities, the tourist foresees risks and tends to change his destination. In a world governed by insecurity, and the fear of the violence, any least sign of instability can result in the rejection to a certain destination. Hence the importance of studies to discover and understand the intrinsic relationship between tourism and public safety. The proposal of this research is to establish connections between violence and mass tourism, in order to discover the current stage of the records and discourses on the more common conflicts and types of violence during the Summer tourism season in the town of Balneário Camboriú (SC). The research describes the social and spatial environment of the town, and the areas with the highest circulation of tourists and the local population. It uses the qualitative method, which enables the use of different tools and resources for the data collection, such as observation of the phenomenon during the investigation. It presents an approach to the theoretical constructions about tourism and violence, and the records and discussions about conflicts and violence, according to the views of five professionals working in the area of Public Security in Balneário Camboriú, through an analysis of discourses of the collective subject. Following the analysis of discourse of the collective subject, it is observed that the violence is not caused directly by the tourism, but rather, by an increase in the general population.
Keywords: turismo
violência
Segurança Pública
tourism
violence
Public Security
Segurança pública - Balneário Camboriú (SC)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::TURISMO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Planejamento e Gestão do Turismo e da Hotelaria
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Turismo e Hotelaria
Citation: BRAGGIO, Laércio Antônio. TURISMO E SEGURANÇA PÚBLICA. 2007. 98 f. Dissertação (Mestrado em Planejamento e Gestão do Turismo e da Hotelaria) - Universidade do Vale do Itajaí, Balneário Camboriú, 2007.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1296
Issue Date: 2-May-2007
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Laercio Antonio Braggio.pdf1,95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.