Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1556
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Envolvimento do consumidor no processo de desenvolvimento de produtos como medida de sucesso: um estudo com empresas participantes dos Prêmios FINEP e Nacional de Inovação
metadata.dc.creator: Matias, Ana Paula
metadata.dc.contributor.advisor1: Silveira, Ricardo Boeing da
metadata.dc.contributor.referee1: Marinho, Sidnei Vieira
metadata.dc.contributor.referee2: Souza, Maria José Barbosa de
metadata.dc.description.resumo: O ambiente organizacional está em um momento de grande complexidade e dinamismo, por isso encontrar formas de gerar vantagem competitiva pode ser fator determinante entre sucesso e fracasso organizacional. Embora já existam vários estudos sobre PDP, o tema ainda continua a ser uma caixa preta a ser explorada, e essencial para o desenvolvimento da inovação (BROWN e EISENHARDT, 1995; KRISHAN e ULRICH, 2001). Segundo Chandler e Vargo (2011), a cocriação de valor continua a ser um tema relevante para pesquisas, pois é preciso integrar passado e futuro para alcançar maiores níveis de crescimento organizacional. Diante disso, este estudo teve como objetivo analisar os níveis de envolvimento dos consumidores em processos de PDP, como medida de sucesso no lançamento de novos produtos. Para responder ao problema de pesquisa, bem como alcançar os objetivos a que se propôs este trabalho, optou-se pela abordagem quantitativa do tipo survey e descritiva quanto aos seus fins. A coleta de dados foi realizada através de questionário eletrônico, encaminhado via e-mail aos gestores das empresas classificadas e vencedoras nos prêmios FINEP e Nacional de Inovação, entre os anos de 2008 e 2011. Do total de 72 (setenta e dois) questionários enviados, houve um retorno de 40 (quarenta) questionários preenchidos corretamente, correspondendo a 55,5% do total da população estudada. Para as análise estatísticas multivariadas dos dados utilizou-se o teste não paramétrico Mann-Whitney, a análise discriminante e a regressão linear com variável Dummy, as análises estatísticas univariadas utilizam a análise de variância ANOVA. A tabulação dos dados foi feita utilizando o software SPSS. Os resultados obtidos demonstram que, 100% das empresas estudadas possuem algum tipo de mecanismo de envolvimento com o consumidor implantado, porém, não foi possível encontrar diferenças significantes neste item entre os grupos de empresas estudadas (vencedoras e classificadas nos prêmios FINEP e Nacional de Inovação). Constatou-se também, que as ferramentas de interação com o consumidor menos utilizadas pelas empresas são as virtuais, das 40 empresas que responderam a pesquisa, apenas 3 disseram utilizar ferramentas virtuais que permitem a usuários criar design e novas funcionalidades, e somente 8 disseram utilizar comunidades virtuais. O mecanismo de envolvimento mais citado pelas empresas é justamente aquele em que a empresa atua de forma passiva, ou seja, recebendo telefonemas, faxes, e-mails e cartas dos consumidores, com sugestões de novos produtos. Da mesma forma não foi encontrada significância entre o envolvimento do consumidor em Processos de Desenvolvimento de Produtos (PDP) e o sucesso de novos produtos, apenas 1,5% da variação da variável sucesso foi predita por este modelo, indicando que o mesmo não é preditivo. O estudo realizado apresentou limitações importantes quanto a sua população, sua amostra, ao fato de os prêmios julgarem em alguns casos ações das empresas e em outros produtos desenvolvidos por elas, a falta de definições claras sobre os critérios para vencer os prêmios e ao fato de que apenas as empresas que fazem inscrição são avaliadas nos prêmios. Diante das limitações encontradas foram feitas sugestões para trabalhos futuros.
Abstract: Today s organizational environment is highly complex and dynamic. As a result, finding ways of creating competitive advantage can be a factor for determining the success or failure of an organization. Although there have been several studies on the Product Development Process (PDP), the subject is still considered a "black box" to be explored, essentially for the development of innovation. (BROWN and EISENHARDT, 1995; KRISHAN and ULRICH, 2001). Based on Chandler and Vargo (2011) the co-creation of value continues to be a relevant subject for research, since it is necessary to integrate past and future to reach higher levels of organizational growth. In this context, the aim of this study was to analyze the level of consumer involvement in the process of PDP, as a measure of success in the launch of new products. To respond to the research problem, and achieve the proposed study objectives, a quantitative approach was used, in the form of a survey. Data were gathered using an electronic questionnaire, which was emailed to the managers of classified and winning companies of the FINEP and National Innovation awards, between 2008 and 2011. Of the seventy-two questionnaires sent out, forty were correctly filled out, corresponding to 55.5% of the total study population. The data were analyzed using the Mann-Whitney non-parametric statistical hypothesis test. ANOVA was used for the discrimination analysis, and the linear regression was analyzed with a Dummy variable. The data was tabulated using the software program SPSS. The results demonstrate that 100% of the organizations studied have some form of mechanism of involvement with the consumer; however, no significant differences were found, in relation to this item, between the groups of companies studied (classified and winning companies of the INEP and National Innovation awards). It was also found that the least used tools for interaction with the consumer were the virtual ones; of the forty companies studied, only thee used virtual tools that allow users to create design and other functionalities, and only eight used virtual communities. The mechanism of environment most commonly mentioned by the companies is the one where the company acts in passive form, i.e. receiving telephone calls, faxes, e-mails and letters from consumers, with suggestions for new products. Similarly, no significance was found for consumer involvement in the PDP and in the success of new products; only 1.5 % of the variation in the variable success was predicted by this model, indicating that it is not predictive. The research presented important limitations in terms of its population, sample size, the fact that the awards judged companies actions in some cases, and the products developed by them in others, the lack of clearly-defined criteria for winning the awards, and the fact that only companies that registered for the competition were assessed for the awards. In view of the limitations found in this work, some suggestions are given for further research.
Keywords: Inovação
Envolvimento com o Consumidor
PDP
Innovation awards
consumer involvement
PDP
Desenvolvimento organizacional
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Organizações e Sociedade
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Administração
Citation: MATIAS, Ana Paula. Envolvimento do consumidor no processo de desenvolvimento de produtos como medida de sucesso: um estudo com empresas participantes dos Prêmios FINEP e Nacional de Inovação. 2013. 102 f. Dissertação (Mestrado em Organizações e Sociedade) - Universidade do Vale do Itajaí, Biguaçu, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1556
Issue Date: 18-Mar-2013
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ana Paula Matias.pdf1,12 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.