Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1563
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Estratégia ambiental, recursos e desempenho: o caso do Frigorífico Alfa
Other Titles: Environmental Resources and Performance Strategy: the case of a Meat Processing Plant
metadata.dc.creator: Leonardi, Vilsiane Aparecida
metadata.dc.contributor.advisor1: Rossetto, Adriana Marques
metadata.dc.contributor.referee1: Gonçalo, Cláudio Reis
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho apresenta uma avaliação da estratégia ambiental, recursos, desempenho e variáveis deficitárias e positivas de uma empresa do setor de frigoríficos a partir da utilização de Framework proposta por Sehnem (2011) denominada FAREADO, modificado para incluir a percepção dos atores organizacionais em relação à organização e também identificar as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças ambientais, e através destas variáveis evidenciar pontos que requerem melhorias. O estudo consiste em i) Identificar o tipo de estratégia ambiental adotada pela organização; ii) especificar os recursos tangíveis e intangíveis; iii) apontar os indicadores de desempenho ambiental utilizados pela organização; iv) analisar a percepção dos atores organizacionais em relação à situação atual da empresa; v) verificar as oportunidades e ameaças ambientais e vi) traçar ações de melhoria com base no plano resumido ambiental. A estrutura teórica deste trabalho é composta pelos temas Estratégia ambiental, Recursos, desempenho e Modelos Ambientais. Os procedimentos metodológicos que nortearam a realização da investigação científica valeram-se da estratégia do estudo de caso, de caráter qualitativo, por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas com dez indivíduos, supervisores e gerentes da empresa, os tomadores de decisão. Depois de coletar os dados, realizou-se a análise e discussão para ampliar a compreensão da problemática em estudo, cujos dados passaram por uma análise hermenêutica-dialética, tendo como base os recortes das falas dos entrevistados.Verificou-se que a empresa investe em aterro sanitário, tem uma estação de tratamento de efluentes, trabalha com as boas práticas de fabricação, tem um Sistema de inspeção federal interno atuante, possui um sistema de reciclagem e, além disso, realiza um trabalho de compostagem da tripa de celulose. Constatou-se que a unidade produtiva possui uma estratégia ambiental reativa. Cabe destacar que há uma predominância dos recursos intangíveis que são mobilizados para viabilizar a estratégia ambiental, sendo que destes recursos os que se referem aos valiosos são marcados pelo comprometimento da equipe, o know how dos colaboradores, o amor à camiseta e à empresa, à qualidade dos produtos e também há um aspecto tangível que é a água. Quanto aos raros o presente estudo mostra que estes são representados pela tradição da empresa, a marca, os temperos diferenciados e a compostagem da tripa de celulose; os recursos imperfeitamente imitáveis são respaldados pela marca e tradição; e os recursos organizacionais evidenciados pelos pesquisados se referem aos métodos de trabalho e a contribuição da fiscalização do Ministério da agricultura, a Fundação Estadual de Proteção Ambiental e o sistema de inspeção federal. Foram encontrados pontos deficitários em relação a inexistência de ações voltadas a racionalização da água e seu reaproveitamento, e como potencialidade a estação de tratamento de efluentes, o aterro sanitário e a otimização do consumo de energia elétrica. Ressalta-se que a empresa não possui certificação ISO 14001, mas utiliza indicadores de desempenho como fonte de medição. Conclui-se que, apesar da estratégia ser reativa, existe um desempenho significativo em relação a economia de energia, e observou-se que a empresa tem como meta a redução de custos e o aumento da produtividade e lucratividade. Portanto, para buscar formas de ser mais competitiva deve olhar com mais atenção aos recursos que possui, pois estes podem ser usados como subsídios para a melhoria da responsabilidade ambiental com o propósito de garantir a sustentabilidade
Abstract: This work presents an evaluation of the environmental strategy, resources, performance and negative and positive variables of a meat processing plant, based on the use of the Framework proposed by Sehnem (2011) known as FARESPO, modified to include the perceptions of organizational actors in relation to the organization, and to identify the environmental strengths, weaknesses, opportunities and threats, and through these variables, to show points requiring improvement. The study: i) identifies the type of environmental strategy adopted by the organization; ii) specifies the tangible and intangible resources, iii) points out the environmental performance indicators used by the organization; iv) analyzes the perception of organizational actors in relation to the company s current situation; v) verifies the environmental opportunities and threats and vi) outlines action plans for improvement based on the summarized environmental plan. The theoretical structure of this work consists of the Environmental Strategy, Resources, performance and Environmental Models themes. The methodological procedures that guided the achievement of the scientific research used a case study strategy, qualified, through semi-structured interviews conducted with ten individuals, supervisors and managers i.e. decision makers. After the data collection, analysis and discussion were performed, to widen understanding of the problem studied. The data obtained were submitted to dialectic-hermeneutic analysis, based on excerpts of the interviewees speeches. It was found that the company invests in landfill; it has an wastewater treatment station; it works with good manufacturing practices; and it operates an internal federal inspection system. It also has a recycling system, and performs triple composting of cellulose. It was found that the production unit follows a reactive environmental strategy. It should be noted that there is a predominance of intangible resources that are mobilized to make the environmental strategy possible, and that of these resources, the most valuable ones are marked by the commitment of the team, the expertise of the staff, love for the company, and the quality of the products, and there is also a tangible aspect, which is the water. As for the rare resources, this study shows that these are represented by the tradition of the company, the brand, different seasonings, and the triple composting of cellulose. The imperfectly imitable resources are supported by the brand and tradition, and organizational resources evidenced by researchers relate to working methods and the supervisory role of the Ministry of Agriculture, the State Foundation for Environmental Protection and the federal inspection system. Not enough points were found in relation to lack of actions aimed at rationalizing the water and its reuse, and as a potential effluent station, landfill and optimization of electric power consumption. It is highlighted that the company does not have ISO 14001 certification, but it uses performance indicators as a source of measurement. It is concluded that although the strategy is reactive, there is a significant performance in relation to electric power saving, and it was observed that the company seeks to reduce costs and increase productivity and profitability. Therefore, to find ways of becoming more competitive, the company should look more closely to its resources, as these can be used as subsidies for improving its environmental responsibility, and ensuring sustainability
Keywords: Estratégia ambiental
Recursos
Desempenho
Environmental Strategy
Resources
Performance
Planejamento empresarial
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Organizações e Sociedade
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Administração
Citation: LEONARDI, Vilsiane Aparecida. Environmental Resources and Performance Strategy: the case of a Meat Processing Plant. 2012. 168 f. Dissertação (Mestrado em Organizações e Sociedade) - Universidade do Vale do Itajaí, Biguaçu, 2012.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1563
Issue Date: 21-Aug-2012
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Vilsiane Aparecida Leonardi.pdf1,32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.