Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1579
metadata.dc.type: Dissertação
Title: O PROCESSO DE APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL EM SISTEMAS ADAPTATIVOS COMPLEXOS: Construção de Um Schema Interpretativo
Other Titles: The process of organizational learning in complex adaptive systems: an interpretative schema
metadata.dc.creator: Lamas, Zainab Jezzini
metadata.dc.contributor.advisor1: Godoi, Christiane Kleinübing
metadata.dc.contributor.referee1: Boeira, Sérgio Luís
metadata.dc.contributor.referee2: Bandeira-de-mello, Rodrigo
metadata.dc.description.resumo: Paralelamente à emergência da complexidade, durante a última década, a aprendizagem organizacional surgiu como um conceito fundamental na teoria organizacional e também como uma preocupação para as organizações e gestores. Apesar da popularidade e proliferação, o conceito de aprendizagem organizacional ainda não se apresenta totalmente compreendido. Nesse contexto, o presente estudo buscou a compreensão do processo de aprendizagem organizacional a partir da teoria da complexidade. Visando identificar os principais pontos de articulaçãos entre a aprendizagem e a complexidade, escolheu-se o sistema adaptativo complexo - SAC - como objeto de estudo, pelo fato de materializar o tipo ideal de ambas as teorias: um sistema aprendiz e um sistema complexo. Este estudo construiu um schema interpretativo dos processos de aprendizagem em sistemas adaptativos complexos. A elaboração teórica centrou-se na relação entre teorias da aprendizagem organizacional e a teoria da complexidade, na qual se inserem os SACs. O estudo empírico tomou como objeto uma instituição de ensino superior - IES, compreendida como um SAC. A pesquisa constitui-se como um estudo de caso qualitativo exploratório, visando compreender a percepção dos gestores sobre o processo de aprendizagem na IES. Das entrevistas em profundidade emergiram fatores da aprendizagem, como a criatividade, o senso crítico, o relacionamento interpessoal. A interpretação desses fatores, aliada a conceitos da teoria da complexidade - , a dialogicidade, a recursividade e o princípio hologramático -, permitiu a delimitação de categorias analíticas. A categorização final e a proposição do schema interpretativo originaram-se simultaneamente da análise do material empírico e do reencontro com as abordagens teóricas: a) do processo de aprendizagem - etapas de intuição, interpretação, integração, institucionalização; níveis de indivíduo, grupo e organização; e processos de feedback e feedforward; b) dos sistemas adaptativos complexos - categorias de descoberta, escolha e ação; e c) de um resultado que faz sentido - o sensemaking.
Abstract: Simultaneously to the complexity emergence, during the last decade, organizational learning has appeared as a basic concept in organizational theory and also as a concern for organizations and managers. Despite the popularity and proliferation, the concept of organizational learning is not completely understood. In this context the present study investigates the understanding of organizational learning process from complexity theory. Seeking the identification of the main articulation points between learning and complexity, a complex adaptive system - CAS - was chosen as the study object, because it can materialize the ideal type of both theories: an apprentice system and a complex system. This study has constructed an interpretative schema of learning processes in complex adaptive systems - CASs. The theoretical elaboration had centered in the relation between theories of organizational learning and complexity, in which CASs are inserted. The empirical study gets as object a higher educational institution - HEI, understood as a CAS. The research consisted of an exploratory qualitative case study, aiming to understand the managers perception on the learning process at the HEI. From the depth interviews had emerged factors of learning, such as creativity, critical sense, interpersonal relationship. The interpretation of these factors, allied to the characteristics of complexity theory -, dialogistic, the recursivity and the hologramatic principle -, allowed the delimitation of analytical categories. The final categorization and the proposal of an interpretative schema had originated simultaneously from the analysis of the empirical data and the reencounter with the theoretical approaches: a) of the learning process - the stages of intuition, interpretation, integration, institutionalization; levels of individual, group and organization; and processes of feedback and feedforward; b) of the complex adaptive systems - categories of discovery, choice and action; and c) of a result that provides meaning - sensemaking.
Keywords: aprendizagem organizacional
sistemas adaptativos complexos
organizational learning
complex adaptive systems
Aprendizagem organizacional
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Organizações e Sociedade
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Administração
Citation: LAMAS, Zainab Jezzini. The process of organizational learning in complex adaptive systems: an interpretative schema. 2006. 128 f. Dissertação (Mestrado em Organizações e Sociedade) - Universidade do Vale do Itajaí, Biguaçu, 2006.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1579
Issue Date: 6-Jun-2006
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Zainab Jezzini Lamas.pdf811,21 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.