Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1595
metadata.dc.type: Dissertação
Title: ANÁLISE DAS RESTRIÇÕES RECORRENTES DO RELACIONAMENTO FRANQUEADO-FRANQUEADOR: a construção de uma teoria substantiva sob a ótica do franqueado
metadata.dc.creator: Patricio, Pablo Peruzzolo
metadata.dc.contributor.advisor1: Bandeira-de-mello, Rodrigo
metadata.dc.contributor.referee1: Nascimento, Maurício Reinert do
metadata.dc.contributor.referee2: Feuerschütte, Simone Ghisi
metadata.dc.description.resumo: O relacionamento entre franqueado-franqueador sob a ótica do franqueado, não é devidamente explicado pelas perspectivas teóricas gerais existentes na literatura, devido à falta de precisão e à desconsideração de fatores fundamentais e relevantes para os envolvidos, além de privilegiar a ótica do franqueador. Na pesquisa proposta busca-se explicar como os franqueados de uma rede de fast-food lidam com as restrições recorrentes no seu relacionamento com o franqueador. Foi construída uma teoria substantiva privilegiando a ótica de cinco franqueados de redes de fast-food, abrangendo um total de dezoito pontos franqueados. Espera-se que os resultados encontrados contribuam para aumentar o conhecimento sobre as ações que os franqueados adotam perante as restrições emergentes do seu relacionamento com o franqueador, assim como, contribuir para gerar reflexões acerca das relações interorganizacionais existentes entre empresas que trabalham em redes assimétricas. Os resultados demonstram que existe divergência entre os objetivos dos franqueados e do franqueador e que os franqueados agem para defender os seus propósitos.
Abstract: The relationship franchisor-franchisee, from the franchisee point of view, cannot be totally explained based on the general theoretical perspectives existing in currrent literature, due to lack of accuracy and lack of consideration regarding the fundamental and relevant factors for those involved, besides favoring the franchisor s point of view. This study seeks to explain how the franchisees of a fast-food chain deal with the restrictions arising from their relationship with the franchisor. A substantive theory was constructed favoring the franchisees point of view. Five franchisees of fast food chains were interviewed, comprising a total of eighteen franchised stores. It is expected that the results found will increase knowledge regarding actions adopted by franchisees facing the emerging restrictions of their relationship with the franchisor, as well as contribute to reflections on interorganizational relationships existing among assimetrical chain-companies. The results demonstrate that there is divergence between the franchisor and franchisees s objetives and that franchisors defend their own purposes.
Keywords: relações interorganizacionais
franchising
franquia
franqueado
franqueador
interorganizational relationships
franchising
franchise
franchisee
franchisor
Relações interorganizacionais
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Organizações e Sociedade
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Administração
Citation: PATRICIO, Pablo Peruzzolo. ANÁLISE DAS RESTRIÇÕES RECORRENTES DO RELACIONAMENTO FRANQUEADO-FRANQUEADOR: a construção de uma teoria substantiva sob a ótica do franqueado. 2007. 154 f. Dissertação (Mestrado em Organizações e Sociedade) - Universidade do Vale do Itajaí, Biguaçu, 2007.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1595
Issue Date: 27-Jul-2007
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Pablo Peruzzolo Patricio.pdf602,88 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.