Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1598
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Acumulação de recursos relacionais na lógica da Resource-Based View (RBV): um estudo das companhias abertas brasileiras
metadata.dc.creator: Krüger, Rogério Edson
metadata.dc.contributor.advisor1: Bandeira-de-mello, Rodrigo
metadata.dc.contributor.referee1: Verdinelli, Miguel Angel
metadata.dc.contributor.referee2: Marcon, Rosilene
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa objetiva analisar como as características das empresas e da indústria estão associadas ao investimento na acumulação de recursos relacionais para com os stakeholders salientes das companhias abertas brasileiras no período de 2000 a 2004. Duas abordagens teóricas foram contempladas: a teoria instrumental dos stakeholders e a Resource-Based View RBV ou visão baseada em recursos. A partir dessas abordagens, recursos relacionais de uma firma são: o conjunto de compromissos confiáveis desenvolvidos pela firma para sustentar contratos relacionais com stakeholders salientes. Diz-se que uma firma possui recursos relacionais superiores quando compromissos sinérgicos estiverem presentes no conjunto de contratos que a firma tem com seus stakeholders (BANDEIRA-DEMELLO, 2007). A amostra foi composta de 303 empresas brasileiras que possuíam informações contábeis no Economática® e informações de seus investimentos em projetos sociais na Revista Guia Exame de Boa Governança Corporativa e de informações das doações realizadas pelas empresas em época de campanha política no ano de 2002 publicadas no sitio ÀS CLARAS. As empresas da amostra foram classificadas em dois grupos: as doadoras e não-doadoras. Como doadoras, se a empresa efetuou doações para o Governo durante a campanha política no ano de 2002, e/ou realizou investimentos em Projetos Sociais para com a Sociedade, em pelo menos 3 dos 5 anos considerados no estudo. E, não-doadoras, se a empresa não efetuou doações para nenhum dos dois stakeholders. A técnica estatística utilizada foi a regressão logística. A variável dependente categórica assumiu valor 1 para as empresas doadoras e valor 0 em caso contrário. As variáveis explicativas utilizadas foram: a variável de alavancagem financeira (ALAVAN); A variável de tamanho da empresa (TAM); A variável de rentabilidade (ROE); A variável concentração acionária (AÇÕES) e, a variável características da indústria (SETOR). Um modelo foi gerado a fim de verificar, como as características das empresas estão associadas ao investimento na acumulação de recursos relacionais para com os seus stakeholders salientes. Para a regressão logística quatro variáveis explicativas apresentaram significância para os níveis (p = 0,01; 0,05 e 0,10): ALAVAN (p = 0,100), TAM (p = 0,000), ROE (p = 0,017), AÇÕES (p = 0,072). A variável SETOR com p = 0,146, não apresentou significância estatística para os níveis apresentados. Estes resultados indicaram como as características das empresas, estão associadas ao investimento na acumulação de recursos relacionais para com os seus stakeholders salientes. Sendo estas, dispostas em ordem decrescente de importância: tamanho, rentabilidade, o grau de concentração acionária, alavancagem financeira, e as características da indústria
Abstract: The aim of this research is to analyze how characteristics of companies and industry are associated with the investment in accumulation of relational resources with the main stakeholders of Brazilian publicly traded companies, in the period 2000-2004. Two theoretical approaches were used: instrumental stakeholder theory, and the Resource Based View - RBV. Based on these approaches, we define Relational Resources as the set of credible commitments devised to support relational contracts with its main stakeholders. A company is said to possess superior relational resources when synergic commitments are present in the set (BANDEIRA-DEMELLO, 2007). The sample consisted of 303 Brazilian companies. The accounting information for these companies was taken from the Economatica® database; information on their investments in social projects was derived from the magazine Guia Exame de Boa Governança Corporativa; and information about donations made by these companies during the 2002 electoral campaign was taken from the ÀS CLARAS website. The companies were classified into two groups: donating and nondonating. The donating companies were those which donated to the government during the 2002 electoral campaign and/or invested in Social projects in at least 3 of the 5 years considered in this study. The non-donating companies where those which did not donate to any of the two stakeholders. The statistical technique used was logistic regression. The categorical dependent variable assumed a value of 1 for the donating companies and 0 for the non-donating ones. The observed variables were: financial leverage (LEV); size of company (SIZE); profitability (ROE); share ownership (SHARES) and industry characteristics (SECTOR). A model was created, to determine how the characteristics of the companies are associated with the investment in accumulation of relational resources with the main stakeholders. For the logistic regression, four observed variables are significant for the levels (p = 0.01; 0.05 and 0.10): LEV (p = 0.100), SIZE (p = 0.000), ROE (p = 0.017) and SHARES (p = 0.072). The variable SECTOR, with a p = 0.146, did not present any statistical significance for the levels presented. These results reveal how the characteristics of the companies are associated with the investment in accumulation of relational resources with their main stakeholders. They are, in decreasing order of importance: size, profitability, ownership concentration, financial leverage, and industry characteristics
Keywords: gestão dos stakeholders
recurso relacional
regressão logística
stakeholder management
relational resources
logistic regression
logística empresarial
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Organizações e Sociedade
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Administração
Citation: KRÜGER, Rogério Edson. Acumulação de recursos relacionais na lógica da Resource-Based View (RBV): um estudo das companhias abertas brasileiras. 2007. 81 f. Dissertação (Mestrado em Organizações e Sociedade) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2007.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1598
Issue Date: 30-Jul-2007
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rogerio Edson Kruger.pdf478,77 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.