Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1645
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorEcco, Ivan Luiz-
dc.creator.IDCPF:38435659968por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2980734708953900por
dc.contributor.advisor1Marcon, Rosilene-
dc.contributor.advisor1IDCPF:64231232920por
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4798055U1&dataRevisao=nullpor
dc.contributor.referee1Rossetto, Carlos Ricardo-
dc.contributor.referee1IDCPF:33758344034por
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4766091Y4&dataRevisao=nullpor
dc.contributor.referee2Alberton, Anete-
dc.contributor.referee2IDCPF:51574950053por
dc.contributor.referee2Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4790077Z6&dataRevisao=nullpor
dc.date.accessioned2015-08-26T18:44:44Z-
dc.date.available2010-11-25-
dc.date.issued2010-07-26-
dc.identifier.citationECCO, Ivan Luiz. CONSELHOS DE ADMINISTRAÇÃO DAS EMPRESAS REGULADAS NO BRASIL: CONEXÕES POLÍTICAS E O SEU DESEMPENHO. 2010. 128 f. Dissertação (Mestrado em Organizações e Sociedade) - Universidade do Vale do Itajaí, Biguaçu, 2010.por
dc.identifier.urihttps://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1645-
dc.description.resumoA Governança Corporativa é um tema de grande destaque na literatura acadêmica atual e de preocupações dos governos, legisladores, investidores, políticos e cidadãos, devido a sua importância no acompanhamento da gestão das organizações e nos problemas, principalmente de credibilidade e perdas financeiras para os investidores, quando não controlada nem monitorada pelos sistemas de controle institucionalizados como os Conselhos de Administração das empresas, os códigos de boas práticas e as leis. O controle e monitoria também são exercidos por agências reguladoras, na intenção de implementar as políticas públicas governamentais específicas de setores econômicos que passaram por um processo de privatização. O presente trabalho tem por objetivo analisar as conexões políticas das firmas reguladas no país, por meio dos membros do Conselho de Administração, no período de 1999 a 2008, e os efeitos no desempenho e na alavancagem. Para atingir este objetivo utilizou-se como fundamentação teórica: a Teoria da Agência, Teoria da Governança Corporativa, Teoria da Regulação Econômica e a Teoria das estratégias políticas corporativas. Quanto à metodologia, o trabalho utilizou o tipo de pesquisa quantitativo e a estratégia empírico-exploratória. Para a realização da pesquisa foram utilizadas fontes de dados secundários do Economática® e as informações do relatório de Informações Anuais (IAN), disponíveis na Comissão de Valores Imobiliários (CVM) e na Bolsa de Mercados Futuros e Bolsa de Valores do Estado de São Paulo (BM&FBOVESPA) para o período de 1999 a 2008. O critério de escolha das empresas estudadas (amostra) obedeceu à classificação utilizada pela BM&FBOVESPA das quais fazem parte setores que possuem agências reguladoras. Foram pesquisadas 127 empresas de 5 setores: Petróleo, Gás eaoBiocombustíveis, Construção e Transporte, Telecomunicações e Utilidade Pública. Analisou-se os dados pelo método hipotético-dedutivo, análise descritiva e análise de regressão multivariada. Verificou-se que 80% das empresas estão conectadas politicamente e 29% das vagas ocupadas são de conselheiros com conexões políticas. Dos setores analisados, o de utilidades públicas é o setor que possui o maior número de empresas conectadas e, consequentemente, o maior número de conselheiros com experiência política. Verificou-se que os Conselhos de Administração apresentam como características: elevado número de gestores, inexpressivo número de conselheiros independentes comprometendo o nível da governança corporativa, maior ênfase nas questões burocráticas e processuais e pouca influência nos processos legislativos devido à baixa representatividade de políticos eleitos. Na análise estatística dos dados, constatou-se que as conexões políticas corporativas não apresentam relações estatísticas significativas com o desempenho econômico e a adoção dessas estratégias políticas corporativas, também não representa um aumento de capital com financiamentos.por
dc.description.abstractCorporate Governance is a major theme in the current academic literature, and is a concern of governments, legislators, investors, politicians and citizens, due to its importance for monitoring organizational management and problems, particularly in relation to credibility and financial losses for investors, where there is no control or monitoring by the institutionalized control systems, such as company boards of directors, codes of good practice, and laws. Control and monitoring are also carried out by the regulatory agencies, with the purpose of implementing specific government public policies for economic sectors that have undergone a process of privatization. This work analyzes the political connections of Brazilian regulated companies, through the members of the boards of directors, from 1999 to 2008, and their effects on performance and leverage. It is based on the following theoretical bases: the Agency Theory, the Theory of Corporate Governance, the Theory of Economic Regulation, and the Theory of Corporate Political Strategies. As for the methodology, this work applies the quantitative research approach and the empirical-exploratory strategy. For the research, secondary data sources of Economática® were used, as well as information from the Annual Information Reports (AIR) available from the Securities and Exchange Commission (CVM) and the Brazilian Mercantile and Futures Exchange and São Paulo Stock Exchange (BM&FBOVESPA) for the years 1999 to 2008. The selection of the studied companies (sample) followed the classification used by the BM&FBOVESPA, which consists of the sectors that have regulatory agencies. The resulting sample included 127 companies in five sectors: Oil; Gas and Biofuels; Construction and Transportation; Telecommunications and Public Utilities. The data were analyzed using the deductive-hypothetical method, descriptive analysis, and multivariate regression analysis. It was observed that eighty percent of the companies have political connections through at least one director with political experience, and that 29% of the positions are occupied by board members with political connections. Of the sectors analyzed, public utilities is the one with the higher number of politically connected companies, and consequently, the highest number of directors with political experience. It was observed that the boards of directors present the following characteristics: a high number of managers, a low number of independent board members, which compromises the level of corporate governance, a strong emphasis on bureaucratic and procedural matters, and little influence on legislative processes, due to low representativeness of elected politicians. Statistical analysis of the data revealed that corporate political connections do bear an statistically significant relation to economic performance, and that the adoption of these corporate strategies also does not represent an increase in capital with financing operations.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttps://siaiap30.univali.br/tede/retrieve/3838/Ivan%20Luiz%20Ecco.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade do Vale do Itajaípor
dc.publisher.departmentOrganizações e Sociedadepor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUNIVALIpor
dc.publisher.programMestrado em Administraçãopor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectconselhos de administraçãopor
dc.subjectregulaçãopor
dc.subjectagências de regulaçãopor
dc.subjectconexões políticas corporativaspor
dc.subjectdesempenho e alavancagempor
dc.subjectboards of directionseng
dc.subjectregulationeng
dc.subjectregulatory agencyeng
dc.subjectcorporate political connectionseng
dc.subjectperformance and leverageeng
dc.subjectConselhos fiscaispor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAOpor
dc.titleCONSELHOS DE ADMINISTRAÇÃO DAS EMPRESAS REGULADAS NO BRASIL: CONEXÕES POLÍTICAS E O SEU DESEMPENHOpor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ivan Luiz Ecco.pdf1,15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.