Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1688
metadata.dc.type: Dissertação
Title: O assistente técnico-pedagógico: atribuições legais e prática profissional
metadata.dc.creator: Corrêa, Shirlei de Souza
metadata.dc.contributor.advisor1: Gesser, Verônica
metadata.dc.contributor.referee1: Placco, Vera Maria Nigro de Souza
metadata.dc.contributor.referee2: Ferri, Cassia
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho ligado à Linha de Pesquisa Política para a Educação Básica e Superior caracteriza-se como um estudo de cunho qualitativo acerca do cargo de Assistente Técnico-pedagógico, bem como as atribuições delegadas a este profissional. Teve como objetivo estabelecer relações entre as atribuições legais e as praticadas pelo Assistente Técnico Pedagógico. Foram mapeados os elementos sobre o surgimento deste cargo para a compreensão de sua trajetória, cujas características estão estreitamente ligadas à questão do trabalho pedagógico desenvolvido na escola. O cargo de Assistente Técnico-pedagógico, criado com a finalidade de atender uma demanda especificamente técnica, sofreu ao longo de décadas, significativas mudanças em sua estrutura. A maior e mais importante deve-se ao fato de que este profissional passou a atender, de acordo com as legislações específicas, as questões técnicas e pedagógicas das escolas, onde passaram a atuar. No bojo desta discussão, autores como Placco e Souza (2010), Pinto (2011), Geglio (2010) dentre outros, propiciaram a realização da fundamentação teórica deste trabalho e deram importantes contribuições para a elaboração de contrapontos no que tange à concepção de coordenador/coordenação pedagógica na atualidade. Os sujeitos da pesquisa foram constituídos de profissionais efetivos e atuantes no cargo em questão nas escolas públicas estaduais de Santa Catarina, vinculadas a 17ª GERED de Itajaí. A escuta desses profissionais aliada à discussão de alguns teóricos permitiu constatar que: a) O trabalho do coordenador pedagógico se concretiza a partir de uma prática mediadora, pois este faz parte da equipe diretiva da escola. b) A coordenação pedagógica é considerada uma profissão em vias de construção. c) O início de carreira para os Assistentes Técnico-pedagógicos foi conturbado para alguns profissionais que, apesar de formação adequada e experiência no campo da educação, não conseguiram se adequar às necessidades da nova função. d) Estes profissionais exercitaram a profissionalização docente: alguns com iniciativa própria, outros a partir de modelos. e) O trabalho desenvolvido pelo Assistente Técnico-pedagógico no âmbito escolar é marcado por questões emergenciais, sendo exercido com pouco ou nenhum planejamento para as atividades pedagógicas. f) O trabalho desenvolvido pelo Assistente Técnico-pedagógico nas escolas de Santa Catarina está baseado, em sua maioria, numa cultura caracterizada pela fração e pela individualização do trabalho. g) A lista de atribuições, documento oficial que orienta a prática deste profissional, é apresentada por vinte questões. Muitos profissionais não têm clareza de suas ações, tornando-se reféns deste documento. h). Existe total relação entre as ações cotidianas dos Assistentes Técnico-pedagógico e as atribuições expostas em documento. Entretanto, muitos profissionais não percebem tal relação. i) É necessário investimento em encontros de formação continuada e organização de grupos de estudo que possam contribuir com alternativas eficazes a uma prática transformadora do Assistente Técnico-pedagógico.
Abstract: The present work on the Line Search - Policy for Basic and higher Education characterized as a qualitative study about the post of Technical Assistant-teaching, as well as the powers delegated to this professional. Aimed to establish relationships between legal and what is practiced by the Pedagogical Technical Assistant. Elements were mapped on the emergence this role for the understanding of its trajectory, whose characteristics are closely linked to the question of pedagogical work developed in school. The post of Technical Assistant-teaching, was created in order to meet a demand specifically technical that suffered for decades significant changes in its structure. The largest and most important change is due to the fact that this professional has to meet, in accordance with the specific technical and pedagogical legislation in schools, where the technitian began to operate. In the midst of this discussion, authors as Placco and Souza (2010), Pinto (2011), Geglio (2010) among others, led to the realization of the theoretical basis of this work and made important contributions to the development of counterpoints regarding the design coordinator / coordinating education today. The subjects consisted of effective working professional in the mentioned position in public schools of Santa Catarina state, linked to the 17th Gered Itajaí. these professionals together discussed and concluded some theories have revealed that: a) The work of the pedagogical coordinator materializes from a mediator practice, as this is part of the management team of the school. b) The educational coordination is considered a profession under construction. c) The early career for Technical Assistants teaching was troubled for some professionals who, despite adequate training and experience in the field of education, failed to fit the needs of new function. d) These professionals trained the professionalization: some with their own initiative, others from templates. e) The work of the Technical Assistant-teaching in the school is marked by emergency issues, being exercised with little or no planning for educational activities. f) The work of the Technical Assistant-teaching in the schools of Santa Catarina is based, mostly, in a culture characterized by the fraction and the individualization of labor. g) The list of assignments, official document that guides the practice of this professional is presented with twenty questions. Many professionals are not sure of their actions, becoming a hostage of this document. h) There is a clear relationship between the everyday actions of the Technical Assistants Coach assignments displayed in the document. However, many professionals do not realize this relationship. i) Its necessary to invest in continuing education meetings and organizing study groups that may contribute to effective alternatives to a practice of changing the Teaching Assistant Coach.
Keywords: Coordenador Pedagógico
Assistente Técnico Pedagógico
Prática Profissional
Escola
Pedagogical Coordinator
Teaching Assistant Coach
Professional Practice
School
Orientadores educacionais
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Educação
Citation: CORRÊA, Shirlei de Souza. O assistente técnico-pedagógico: atribuições legais e prática profissional. 2013. 120 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1688
Issue Date: 15-Jul-2013
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Shirlei de Souza Correa.pdf987,84 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.