Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1703
metadata.dc.type: Dissertação
Title: CAMINHOS TRILHADOS NA COMPREENSÃO DA REPRESENTAÇÃO ESCRITA POR UMA CRIANÇA COM SÍNDROME DE DOWN: UM ESTUDO DE CASO
metadata.dc.creator: Gândara, Viviane Santos Gândara
metadata.dc.contributor.advisor1: Cordeiro, Maria Helena Baptista Vilares
metadata.dc.description.resumo: Esta investigação constitui-se em um estudo de caso do processo de desenvolvimento da compreensão da representação escrita por uma criança com Síndrome de Down. Partiu-se do princípio de que cada indivíduo apresenta um desenvolvimento único, podendo ser incitado para além dos limites aparentemente impostos pelas condições genéticas e sociais. Assim, este estudo tem por objetivo descrever e caracterizar o processo de desenvolvimento da compreensão do sistema de representação escrita, por uma criança com Síndrome de Down, que tinha 9 anos e 5 meses no início da investigação. Procurou-se identificar os elementos que podem servir de base para a intervenção de um mediador que oriente a criança nesse processo. Para tanto, a investigação amparou-se na perspectiva psicogenética de Piaget, subjacente aos trabalhos de Emília Ferreiro. Além de conversas informais com a família e os profissionais que atendem a criança, foram realizados 42 encontros de aproximadamente 4 horas, totalizando 168 horas de convivência entre a pesquisadora e a criança, durante as atividades de rotina, no espaço da Educação Infantil. Os encontros incluíram 19 sessões de duração variável, especificamente planejadas para provocar a aprendizagem da representação escrita, 9 das quais, gravadas em áudio, totalizando 64 minutos de gravação. As gravações foram realizadas para auxiliar a pesquisadora a registrar com mais fidelidade os diálogos entre ela e a criança. O material analisado consta dos registros, em diário de campo, dos encontros e das transcrições das gravações em áudio. Apesar do tempo limitado em que a interação entre a pesquisadora e a criança estava voltada especificamente para a aprendizagem da representação escrita, foram observados avanços relevantes em direção à compreensão da estabilidade e funcionalidade dessa representação. Não foram observadas diferenças proeminentes no processo de desenvolvimento em relação ao que outros estudos têm verificado em crianças sem necessidades educacionais especiais.
Abstract: This is a report of a case study focusing the development of the understanding of the written language by a child with Down Syndrome. The starting point of this investigation was the believe that each individual presents a unique developmental process, which may be instigated beyond the limits that seem to be imposed by both genetical and social conditions. Therefore, this study aimed to describe and characterize the developmental process of a child with Down Syndrome as she progressed towards the understanding of the writing system. Special attention was given to identify the elements, which might be useful for supporting the intervation of a mediator who might lead the child along this process. The child was 9 years and 5 months old at the begining of the investigation. The study was based on the Piagetian psycogenetical perspective, which underpins the work of Emilia Ferreiro. In addition to the informal talking with the child s family and carers, the researcher acompanied the child as he performed the rotine activities in the childhood education setting he used to attend. This added up 42 four hours meetings, totalizing 168 hours of interaction between the researcher and the child. These meetings included 19 sessions of variable duration, specificaly planed to provoke the learning of the written representation. Nine sessions (adding up 64 minutes) were taperecorded, as a mean to help the researcher to remind her talk with the child. The material analysed in this study comprised the field notes included in a diary and the transcripts of the tapes. In spite of the limited time when the interactions between the researcher and the child were centered on the learning of the written representation, some relevant progress towards the understanding of the stability and functionality of the scripts was observed. No relevant differences were observed when comparing the developmental process of this child with what has being reported about the developmental process of children with no educational special needs.
Keywords: representação escrita
síndrome de Down
desenvolvimento infantil
estudo de caso
written representation
Down syndrome
child development
case study
Educação especial
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Educação
Citation: GÂNDARA, Viviane Santos Gândara. CAMINHOS TRILHADOS NA COMPREENSÃO DA REPRESENTAÇÃO ESCRITA POR UMA CRIANÇA COM SÍNDROME DE DOWN: UM ESTUDO DE CASO. 2005. 104 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2005.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1703
Issue Date: 5-Sep-2005
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VIVIANE GANDARA.pdf1,17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.