Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1712
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Política de inclusão escolar na ótica de professores de sala de recursos multifuncionais da rede municipal de Florianópolis-SC
metadata.dc.creator: Rocha, Roselene Nunes
metadata.dc.contributor.advisor1: Hostins, Regina Célia Linhares
metadata.dc.contributor.referee1: Carvalho, Carla
metadata.dc.contributor.referee2: Mendes, Geovana Mendonça Lunardi
metadata.dc.description.resumo: O estudo vincula-se ao grupo de pesquisa Políticas Públicas de Currículo e Avaliação e ao Observatório Nacional de Educação Especial que desenvolve, em âmbito nacional, a pesquisa de avaliação do programa de implantação de Salas de Recursos Multifuncionais (SRM), com vistas ao processo de inclusão escolar de alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades. Neste caso particular, a presente pesquisa teve como foco o estado de Santa Catarina, particularmente as SRMs do município de Florianópolis. Seu objetivo foi analisar o processo de interpretação e tradução da política de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva pelos professores de SRMs da Rede Municipal de Ensino. Empregou-se pesquisa do tipo colaborativa, a qual envolve processos simultâneos de investigação e formação, mediante organização de grupos focais, com os 26 professores da rede. Para análise teórico-metodológica tomou-se como referência a abordagem do Ciclo de políticas proposto por Stephen Ball e colaboradores os quais defendem a análise de políticas públicas a partir de três contextos convergentes: contexto de influência , contexto de produção de texto e contexto da prática . Com base nesse referencial, analisou-se a interpretação e tradução das diretrizes da política no contexto da prática evidenciando três eixos de análise: formação de professores, organização do ensino nas SRM e nas classes comuns de ensino e avaliação do estudante público alvo da Educação Especial. No que se refere à formação docente para atuar na SRMs, os professores consideraram que a política trouxe alguns desconfortos e uma oposição entre o que estava posto e o novo: na busca por superar o domínio e a especialidade sobre uma determinada área, as diretrizes contribuíram para criar a generalidade da especialidade , quer dizer um professor especializado generalista, com competência para atuar com todas as deficiências e em diferentes níveis de ensino, a partir da elaboração de um plano individual de atendimento. Contraditoriamente, as diretrizes ampliaram o escopo do atendimento, no entanto, reforçaram a individualização do ensino. Quanto à organização do AEE, observou-se que o atendimento oferecido na rede corresponde às orientações dos documentos norteadores, porém, não há uma relação harmoniosa com a sala comum, nem existe interface entre o ensino oferecido nas classes comuns e nas SRMs. Esta precariedade de relação interfere na avaliação dos educandos com NEE, visto que, se nos documentos da política evidencia-se, ainda que moderadamente, a indicação por uma avaliação diagnóstica e processual, no contexto da prática, segundo relato dos professores, há movimentos contraditórios que caminham entre a avaliação classificatória e a processual
Abstract: The study is linked to the research group Public Policy Curriculum and Assessment and the National Centre for Special Education that implements, at national level, the survey to evaluate the Multifunctional Resource Rooms (RMR) implementation program, aimed at the process of school inclusion for students with disabilities, pervasive developmental disorders, and giftedness. In this particular case, this research focused on RMRs in Florianópolis, in the state of Santa Catarina. The goal was to analyze the process of interpretation and translation of the Special Education policy in the context of Inclusive Education by teachers of RMRs in the municipal school network. Collaborative research was used, which involves simultaneous processes of research and training, by organizing focus groups with 26 school teachers. For the theoretical and methodological analysis, the Cycle of policies approach was used, as proposed by Stephen Ball and colleagues, who advocate the analysis of public policies based on three converging contexts: "context of influence", "context of text production" and "context of practice . Based on this framework, we analyzed the interpretation and translation of policy guidelines in the context of practice, highlighting three areas of analysis: teacher training, organization of teaching in RMR and in regular classes, and assessment of student target audience of Special Education. In relation to teacher training to work in RMRs, the teachers felt that the policy has brought some discomfort and opposition between what was established and the new: in the search to gain mastery and expertise in a given area, the guidelines served to create a "general specialty", i.e. a specialized generalist teacher, empowered to work with all disabilities and at different levels of education, based on the elaboration of an individual care plan. Paradoxically, the guidelines broadened the scope of care, yet reinforced the individualization of teaching. Regarding the organization of the SEA, it was observed that the care offered in the network corresponds to the guidelines of the guiding documents; however, there is no harmonious relationship with the regular classroom, and no interface between the education offered in regular classes and the RMRs. This precarious relationship interferes with the assessment of pupils with SEN, since the policy documents show, albeit moderately, that in the recommendation for a diagnostic and procedural review in the context of practice, as reported by the teachers, there are contradictory movements between classificatory and procedural review
Keywords: Políticas públicas
Educação especial
Inclusão escolar
Atendimento Educacional Especializado
Public policy
Special education
School inclusion
Specialized Educational Services
Inclusão escolar
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Educação
Citation: ROCHA, Roselene Nunes. Política de inclusão escolar na ótica de professores de sala de recursos multifuncionais da rede municipal de Florianópolis-SC. 2014. 114 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2014.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1712
Issue Date: 19-Feb-2014
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Roselene Nunes Rocha.pdf2,33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.