Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1720
metadata.dc.type: Dissertação
Title: OLHARES, SIGNIFICAÇÕES E SILÊNCIOS: A PRODUÇÃO DE CONHECIMENTOS NA PRÁTICA DE ENSINO.
metadata.dc.creator: Petri, Claudia Maria
metadata.dc.contributor.advisor1: Schlindwein, Luciane Maria
metadata.dc.contributor.referee1: Mostafa, Solange Puntel
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho teve por objetivo investigar a formação inicial de professores, focando na construção de conhecimentos teórico-práticos na disciplina de prática de ensino. A temática Prática de Ensino e estágio supervisionado na formação de professores tem uma longa trajetória de discussões e problematizações nas últimas décadas. A Prática de Ensino ainda é vista como o momento prático do curso Pedagogia, em que as alunas aproximam-se a realidade escolar em que irão atuar. A base teórica para sustentar as discussões pretendidas nesse trabalho ficou dividida em dois eixos: as discussões a respeito da formação de professores e a psicologia histórico-cultural. Trouxemos os diversos conceitos sobre a profissão professor, sendo esses: professor reflexivo, o professor pesquisador e o professor competente. Pesquisas e estudos sobre a Prática de Ensino utilizando os autores: Marli André (2001), Pimenta (1995, 1999,2002), Lüdke (2001a, 2001b), Ramalho (2003), Nóvoa (1995) e Garcia (1999). Contudo, buscamos os postulados desenvolvidos por Vigotski e seus interlocutores para delinear nossas análises. Os dados aqui analisados foram obtidos através de filmagens e atividades produzidas pelas alunas em sala de aula. Fizeram parte dessa pesquisa, nove alunas do 6º período do curso de Pedagogia, matriculadas na disciplina de Prática de Ensino. Os dados foram coletados no período de quatro meses, de março a junho de 2005, totalizando 13 encontros com o grupo. Trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo, por buscar entender o objeto a partir da perspectiva dos sujeitos da investigação. Analisa-se os dados de forma interpretativa e reflexiva, atendo-se ao estudo dos valores, significados, crenças e rotinas presentes no campo de investigação. A partir da seleção e sistematização dos dados coletados, foi sendo delineada a análise, utilizando a metodologia de análise de conteúdo de Laurece Bardin (1979). Organizamos os dados através de categorias posteriori, definidas de acordo com as atividades e dinâmicas realizadas com as alunas. Chamamos esses diferentes momentos de blocos de análise sendo assim definidos: 1) O nós e o eu na constituição do grupo em que analisamos duas atividades: Apresentação, Minha Máscara e Memória de Professora. 2) Treinando o olhar: a observação dirigida como objeto da construção do conhecimento , tivemos como objetivo analisar as atividades teórico-práticas de observação. Três atividades compuseram esse bloco: Ilusão de ótica: aguçando os sentidos, O Brincar, o Observar e o Registrar e Dramatizando e observando situações cotidianas da escola. 3) Relatos das experiências de observação analisamos os relatos das alunas após a realização da observação dirigida nas escolas. Nossas análises nos indicaram que, de certa forma, essa organização da prática de ensino, permite aos professores formadores desenvolverem junto as alunas um cronograma de trabalho que propicie a construção de habilidades e competências, como a reflexão, a observação criteriosa, a atitude crítica, a argumentação. Habilidades essas indispensáveis para elaboração de um projeto de intervenção que articule a pesquisa, a prática das alunas e as reais necessidades da escola concedente do estágio.
Abstract: The current work has as objective to investigate the initial formation of teachers, focusing on the construction of theory-practice knowledge on the Practice of Teaching s discipline. The practice of teaching and the supervised internship on the teacher s development has a long trajectory of discussions and problems in the last decades. The practice of teaching is still seeing as a practical moment of the Pedagogy course, that the students come close to the school s reality that they are going to act. The theory support to sustain the intended discussions in this work got divided in two aspects: the discussions about the profession of teaching and the historic-cultural psychology. We brought on several meanings about the profession of teaching as: the reflexive teacher, the investigator teacher and the efficient teacher. Studies and researches about the practice of teaching utilizing the authors: Marli André (2001), Pimenta (1995, 1999, 2002), Lüdke (2001a, 2001b), Ramalho (2003), Nóvoa (1995) e Garcia (1999). We examined the postulate developed by Vigotki and his interlocutors to describe our analysis though. The information analyzed here was obtained through filming and activities made from student in class. Nine students from the 6th period of Pedagogy in the Practice of Teaching s discipline made this part of the research. The information was collected in a period of four months, from March to June in 2005, making a total of 13 meetings with the group. It deals about a qualitative research because we try to understand the object from the subject s perspective of the investigation. The information are analyzed in a reflexive and interpretative way, clinging on the study of values, meanings, beliefs and routines present on the investigation s area. From the selection and the collected information s systematic, the analysis was described, making the use of the analysis of content s methodology from Laurence Bardin (1979). We organized the information through posteriori categories, defined according to the activities and dynamics done with the students. We call these different moments as Analysis Blocks being defined as: (1) The us and the me on the group s formation where we analyzed two activities: Presentation, My Mask and Memory of Teacher. (2) Training the eye contact : a directed observation as an object of the knowledge s construction , we had as objective to analyze the theory-practice s activities of observation. Three activities made this block: Optical Illusion, stimulating the senses, the play, the observe and registrate and dramatizing and observing daily school s situations. (3) Reports of observation s experiences . We analyzed the student s reports after realizing the directed observation at schools. Our analysis indicated that, some how this practice of teaching s organizations allows the teachers to develop within the students a work that propitiates the construction of abilities and competences, like reflection, a sensible observation, a critique attitude, argumentation. These skills are indispensable to elaborate an intervention project that talks about the research, the students experience and the school s real needs allowed by the internship.
Keywords: prática de ensino
produção de conhecimento e significações
practice of teaching
knowledge s production
meanings
Professores - Formação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Educação
Citation: PETRI, Claudia Maria. OLHARES, SIGNIFICAÇÕES E SILÊNCIOS: A PRODUÇÃO DE CONHECIMENTOS NA PRÁTICA DE ENSINO.. 2006. 109 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2006.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1720
Issue Date: 30-Jan-2006
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Claudia Maria Petri.pdf2,95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.