Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1733
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorHoepers, Idorlene da Silva-
dc.creator.IDCPF:51831635968por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4773881P5&dataRevisao=nullpor
dc.contributor.advisor1Mostafa, Solange Puntel-
dc.contributor.advisor1IDCPF:75974088891por
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4787778P7&dataRevisao=nullpor
dc.contributor.referee1Ferreira, Valeria Silva-
dc.contributor.referee1IDCPF:59929979972por
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4703579U4&dataRevisao=nullpor
dc.date.accessioned2015-08-26T18:45:04Z-
dc.date.available2006-01-25-
dc.date.issued2003-12-12-
dc.identifier.citationHOEPERS, Idorlene da Silva. A IDENTIDADE DO PROFESSOR PESQUISADOR: Produção científica, colaboração na ciência e seus meios de divulgação. 2003. 110 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2003.por
dc.identifier.urihttps://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1733-
dc.description.resumoO presente trabalho tem como meta traçar o perfil do Professor Pesquisador, líder de grupo de pesquisa, no âmbito de uma Universidade, num cruzamento entre a área de Educação e a da Comunicação Científica. O trabalho foi inspirado a partir do livro de Marli André acerca do papel da pesquisa na formação de professores que, por força de nossas intenções, veio a ser o professor universitário. Como o traço distintivo do Professor Pesquisador da Universidade é a sua produção científica, o trabalho se pautou por uma tradição documentalista da comunicação científica nos últimos cinco anos, em termos de canais de divulgação e autoria por grandes áreas do conhecimento, a saber: Ciências Agrárias, Ciências Biológicas, Ciências Exatas e da Terra, Ciências Humanas, Ciências Sociais Aplicadas, Ciências da Saúde, Engenharias, Lingüística, Letras e Artes. As diferenças entre os grupos de pesquisa e as especificidades de cada área remetem a diferenças na estrutura social da ciência. Tais diferenças podem contribuir ou dificultar as relações de colaboração. Os resultados apontam para a área da Saúde como a área que apresentou maior incidência de artigos completos publicados em periódicos; Ciências Exatas e da Terra apresentaram maior incidência de trabalhos completos publicados em anais de eventos, sendo essa comunidade a segunda maior em termos de grupos de pesquisa na Universidade estudada. Estas mesmas Ciências Exatas apresentam maior número de Iniciações Científicas concluídas e em andamento, bem como maior número de graduandos envolvidos em projetos. O grupo das Ciências Sociais Aplicadas é o grupo que apresenta grupos de pesquisa com maior número de pesquisadores envolvidos. As Ciências Humanas é a área que apresenta o maior número de artigos completos publicados em periódicos nacionais, enquanto as Ciências da Saúde apresentam o maior número de artigos publicados em periódicos internacionais. Com relação à autoria, as Ciências Sociais Aplicadas apresentam o maior número de trabalhos publicados em autoria única, enquanto que as Ciências Humanas, contrariamente à revisão da literatura, apresentam o maior número de pesquisas com autoria dupla. Ciências da Saúde são as campeãs em autoria tripla, enquanto que Lingüística, Letras e Artes ficam com o maior número de trabalhos em autoria múltipla. A relação entre ensino e pesquisa foi percebida pela co-autoria entre pesquisadores e estudantes e se mostrou positiva para todas as oito áreas de conhecimento relacionadas. Os dados coletados evidenciam que está nascendo um novo padrão de autoria nas Ciências Humanas ainda predominantemente nacional, mas não mais autoria única como está cristalizado na literatura de comunicação científica. O perfil do Professor Pesquisador da Universidade ficou então delineado pela freqüência com que ele apresenta seus trabalhos à Comunidade Científica, pelos canais de divulgação científica de que se utiliza e pela forma de colaboração que oferece e da qual se serve, para produzir conhecimentos e iniciar jovens estudantes na pesquisa.por
dc.description.abstractThis aim of this work is to outline the profile of the Teacher Researcher, leader of a research group within the University context, in a linking of the area of Education with Scientific Communication. The work was inspired by a book by Marli André on the role of research in the training of teachers who, for the purposes of this research, are university teachers. Given that the distinct feature of the university teacher researcher is his scientific production, this work was guided by the documentalist tradition of the scientific production of the last five years, in terms of means of publication and authorship by areas of knowledge, namely: Agrarian Sciences, Biological Sciences, Earth and Exact Sciences, Human Sciences, Applied Social Sciences, Health Sciences, Engineering, Linguistics, Language and Arts. The differences among the research groups and the specific characteristics of each area echo the differences in the social structure of science. These differences can either contribute to or hinder relationships of collaboration. The results show that the area of Health has the highest incidence of complete articles published in academic journals; The Earth Sciences and Exact Sciences showed a higher incidence of complete works published in annals of events, with this community being second highest in terms of the number of research groups in the university studied. The Exact Sciences also showed the highest number of concluded and ongoing works in the area of initiation in scientific research, as well as had the highest number of under-graduate students involved in research projects. The Applied Social Sciences group was the one whose research groups had the highest number of researchers involved. The Human Sciences was the area that presented the highest number of complete articles published in national journals, while the Health Sciences had the highest number in international journals. In relation to authorship, the Applied Social Sciences presented the highest number of works published by a single author, while the area of Human Sciences, contrary to the literature review, revealed the highest number of research projects with two authors. The Health Sciences are the champions for research projects involving three authors, while Linguistics, Language and Arts had the highest number of research projects with multiple authorship. The relationship between teaching and research was perceived by the coauthorship between researchers and students and this proved to be a positive relationship for all eight areas of knowledge studied. The data collected highlights the emergence of a new pattern of authorship in the Human Sciences, which is still predominantly national, but not longer single authorship, as has traditionally been the norm in the literature of scientific communication. The profile of the University Teacher Researcher was then outlined by the frequency with which he or she presents his or her works to the Scientific Community, by the means of scientific publication he or she uses, and by the form of collaboration he or she offers, making use of this collaboration to produce knowledge and encourage young students to carry out research.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttps://siaiap30.univali.br/tede/retrieve/3951/Idorlene%20Hoepers.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade do Vale do Itajaípor
dc.publisher.departmentEducaçãopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUNIVALIpor
dc.publisher.programMestrado em Educaçãopor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectprodução científicapor
dc.subjectautoriapor
dc.subjectidentidade do professor pesquisadorpor
dc.subjectcomunicação científicapor
dc.subjectscientific productioneng
dc.subjectauthorshipeng
dc.subjectidentity of the teacher researchereng
dc.subjectscientific communicationeng
dc.subjectProfessores - Pesquisapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
dc.titleA IDENTIDADE DO PROFESSOR PESQUISADOR: Produção científica, colaboração na ciência e seus meios de divulgaçãopor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Idorlene Hoepers.pdf1,25 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.