Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1776
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Educação estética - investigando possibilidades a partir de um grupo de professoras
metadata.dc.creator: Soares, Maria Luiza Passos
metadata.dc.contributor.advisor1: Sirgado, Angel Pino
metadata.dc.contributor.referee1: Leite, Maria Isabel Ferraz Pereira
metadata.dc.contributor.referee2: Schlindwein, Luciane Maria
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação tem como objetivo principal investigar se as experiências estéticas vivenciadas por um grupo de professoras possibilitaram mudanças qualitativas no seu processo de formação profissional e pessoal. Parte-se da linha teórica da perspectiva histórico cultural da psicologia, fundamentadas nas idéias de Vigotski em relação aos temas cultura, arte e imaginação. Em primeiro lugar, fez-se uma pesquisa bibliográfica sobre as temáticas arte, estética e educação estética, a seguir, observou-se um grupo de onze professoras, durante o ano de 2006, por ocasião de sua participação em um processo de formação docente, pautada na estética, proposta pelo Grupo de Pesquisa Cultura, Escola e Educação Criadora, na Linha de Imaginação e Criação na Escola. Foram selecionadas para a realização da análise algumas experiências, a saber: a participação das professoras em um ateliê de artes visuais; a visitação em uma exposição; a participação em seminários teóricos e o Sarau de encerramento. As gravações em vídeo destes encontros, os memoriais, nos quais as professoras registraram suas idéias e impressões e o questionário final foram as fontes da pesquisa para atingir os objetivos traçados inicialmente. Nestes materiais foram verificados indícios em nível de afetividade, cognição e imaginação nas falas e gestos das professoras que pudessem indicar mudanças, rupturas e permanências em aspectos pessoais e profissionais e apontar momentos do processo de formação que contribuíram ou dificultaram as mudanças de comportamento no sentido da educação estética. A partir das análises é possível inferir que o processo vivenciado nos ateliês, permitiu que houvesse um movimento das professoras em direção a possibilidade de descobrirem-se parte de um entorno cultural no qual existem inúmeras possibilidades de fruição e fazer artístico. Pode-se perceber em suas palavras e atitudes que a educação estética deixou marcas em níveis de sensibilidade, imaginação e cognição no grupo das professoras que vivenciaram os ateliês. Não se pretende apresentar provas , mas apontar indícios nas falas e gestos nos quais se percebem algumas modificações que ocorreram neste processo de formação tanto ao declararem assumir mudanças de hábito e novas práticas como: ler mais, ir ao teatro e a locais de mostras culturais, ouvir músicas além das divulgadas pela mídia; bem como no alargamento do repertório das professoras. O processo de formação de professores estruturado em ateliês permitiu estas duas dimensões: a ampliação de conhecimentos e a adoção de novas práticas que estas professoras levaram para as vidas pessoais e profissionais. Acreditamos que nisto reside o grande valor de um processo de formação docente que privilegie a educação do sensível, pois inserir estas reações na própria vida é a tarefa mais importante da educação estética. Não se tem a pretensão de afirmar que a possibilidade de uma experiência estética mude radicalmente a vida das professoras ou solucione as questões da educação. No entanto, por crermos que as dimensões do sensível e do artístico fazem parte, e não podem ser desprezadas, da constituição do homem, estamos convencidos que através dela se tem a possibilidade de contribuir para a promoção do humano e, por extensão para a formação docente. Sendo assim, espera-se com este trabalho levantar aspectos que possam ser levados em conta para proporcionar a formação estética docente
Abstract: The main objective of this dissertation is to investigate whether the aesthetic experiences of a group of teachers brought qualitative changes to their process of professional and personal training. Its theoretical starting point is the historical-cultural perspective of psychology, based on the ideas of Vygotsky in relation to the themes of art, aesthetics and aesthetic education. Next, a group of eleven teachers was observed, during the year 2006, who were taking part in a teaching training program on the subject of aesthetics, proposed by the Culture, School and Creative Education Research Group, in the line of research Imagination and Creation in Schools. Some experiences were selected for analysis, namely: the teachers participation in a visual arts workshop; a visit to an exhibition; participation in theoretical seminars and participation in the closing soirée. The source materials used to achieve the research objectives initially outlined were: video recordings of the meetings, diaries in which the teachers recorded their ideas and impressions, and a final questionnaire. In these materials, indications were found regarding the levels of affectivity, cognition and imagination, in the statements and gestures of the teachers, which could indicate changes, rupture and permanence in professional and personal aspects, and moments in the training process which contributed or hindered behavioral changes in relation to aesthetic education. From the analyses, it was inferred that the teachers participation in the workshops gave them an opportunity to discover themselves, based on a cultural environment in which there are numerous possibilities for artistic enjoyment and practice. It was observed, through their statements and attitudes, that aesthetic education had influenced the levels of sensitivity, imagination and cognition of the group of the teachers who took part in the workshops. The intention is not to present proof , but to point to indications in the statements and gestures, in which some changes that have occurred in the training process were perceived, with the teachers declaring that they had assumed changes of habit and new practices, such as: reading more; going to the theatre or cultural shows; listening to music in addition to that released by the media; and extending the teacher s repertoire. The process of training teachers in structured workshops enabled these two dimensions: the expansion of knowledge, and the adoption of new practices that these teachers implemented in their personal and professional lives. We believe in this aspect lies the great value of a process of teacher training which favors the teaching of sensitivity, as including these reactions in their own lives is the most important task of aesthetic education. This work does not claim that the opportunity of an aesthetic experience can radically change the teachers lives or resolve educational issues. However, we believe that the dimensions of the sensitive and artistic form part of the constitution of the human being and should not be neglected. And we are convinced that through these dimensions, we have an opportunity to contribute to the promotion of human beings, and by extension, teacher training. Therefore, it is hoped that this work will raise issues which can be taken into account for providing aesthetic teacher training
Keywords: estética
educação estética
formação docente
aesthetics
aesthetic education
teacher training
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Educação
Citation: SOARES, Maria Luiza Passos. Educação estética - investigando possibilidades a partir de um grupo de professoras. 2008. 99 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2008.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1776
Issue Date: 7-Aug-2008
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Luiza Passos Soares.pdf822 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.