Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1797
metadata.dc.type: Dissertação
Title: O museu como espaço educativo: uma proposta metodológica para o Museu Oceanográfico Univali
metadata.dc.creator: Soto, Alessandra Silva Correia
metadata.dc.contributor.advisor1: Guerra, Antonio Fernando Silveira
metadata.dc.contributor.referee1: Gesser, Verônica
metadata.dc.description.resumo: O museu - instituição sem fins lucrativos com propósitos de pesquisa, educação e lazer - comprometido com o processo educacional, desempenha uma ação cultural e educativa no âmbito da educação formal, não-formal e informal, apresentando ao indivíduo o patrimônio cultural de que é herdeiro e da sua capacidade de utilizá-lo e criá-lo. Os museus de ciências, além de desempenharem um papel fundamental na divulgação da Ciência, têm funções essenciais, como passar de uma concepção mais passiva do público para uma concepção de interatividade dinâmica do visitante com os experimentos e experiências que o museu exibe. A lógica do aprender fazendo, substitui a fórmula da aprendizagem contemplativa. O fato de esses museus serem vivos é que os diferencia dos museus do século passado, que simplesmente exibiam objetos usados pela Ciência ou pela indústria. O museu como agência de educação informal, ou mesmo como um “ecossistema educativo” (CANDAU, 2000), pode realizar uma aproximação interativa com a sociedade, estimulando as diversas formas de percepção dos indivíduos. O objetivo deste trabalho foi apresentar uma proposta de Programa Educativo para o Museu Oceanográfico UNIVALI, em Itajaí/SC. Quanto à metodologia, o trabalhou utilizou a pesquisa descritiva no formato survey tipo transversal. Os critérios utilizados para a escolha das instituições seguiram duas condições: serem museus possuírem acervos e terem caráter de popularização e divulgação da Ciência no Brasil. Na primeira etapa da pesquisa foi realizado o levantamento dos três museus selecionados, utilizando-se de material bibliográfico e de divulgação, além da consulta aos sítios institucionais disponíveis na Internet. Para a segunda etapa, foi encaminhado para os responsáveis pelos setores educativos dos museus um questionário abrangendo informações sobre dados institucionais, caracterização física, acervo, programas educativos, públicos, recursos humanos e orçamento. A terceira etapa da pesquisa consistiu na tabulação das informações com ênfase nas atividades dos programas dos museus. Finalmente na quarta etapa foi realizado o planejamento do Programa Educativo do Museu Oceanográfico UNIVALI. A proposta incorpora elementos da abordagem crítica na educação, resguardando, no entanto, a complementaridade, mas também as especificidades entre a educação formal e a não-formal que ocorre nos museus de Ciência e tecnologia. Aponta também para a capacidade de o visitante integrar informações e processá- las, cabendo ao educador do museu planejar situações de aprendizagem em que os conteúdos e os métodos sejam coerentes com o desenvolvimento de compreensão de cada grupo. Numa sociedade complexa como a brasileira, rica em manifestações culturais diversificadas, o papel dos museus é de fundamental importância para a valorização do patrimônio cultural como dispositivo estratégico de aprimoramento dos processos democráticos. Para cumprir seu papel no processo educativo, o museu pode ser e estar a serviço da sociedade e do seu desenvolvimento
Abstract: The museum - a non-profit making institution with purposes of research, education and leisure, and committed to the educational process, carries out a cultural and educational action in the scope of formal, non-formal and informal education, presenting to individuals their cultural heritage and their capacity to use and create it. Science museums, besides playing a vital role in the popularization of Science, have other essential functions, such as moving from a more passive concept of the public to one of dynamic interactivity with the experiments and experiences that the museum exhibits. The logic of learning by doing replaces that of contemplative learning. The fact that these museums are living is what differentiates them of the museums of the last century, which simply exhibited objects used by science or industry. The museum as agency of informal education, or even as an “educational ecosystem (CANDAU, 2000) can interactively approach society, stimulating the various forms of individual perception. The objective of this work was to propose an Educational Program for the Oceanography Museum of UNIVALI, in Itajaí/SC. The theoretical background on museums is based on authors like (HORTA, 1991; MAURE, 1985; MARANDINO, 2005; CAZELLI, 2003) and on the International Council of Museums - ICOM. The methodology used was descriptive research of the transversal survey type. The criteria used in the choice of institutions followed two conditions: they must be museums with collections and they must exist for the popularization and dissemination of the Science in Brazil. In the first stage of the research, an investigation was carried out of three selected museums, using bibliographic and publicity material, as well as consultation with the websites of the institutions. For the second stage, a questionnaire was sent to the educational departments of the museums, which included information on institutional data, physical description, the collections, educational programs, their publics, human resources and budget. The third stage involved tabulating the information gathered, with emphasis on the activities of museum’s programs. Finally in the fourth stage, the planning of the Educational Program of the Oceanographic Museum of UNIVALI was carried out. The proposal incorporates elements of the critical approach in Environmental Education (GUIMARÃES, 2004; LOUREIRO, 2006), while safeguarding not only the complementary nature, but also the specificity between formal and non-formal education that occurs in Science and technology museums. It also indicates the visitor©s capacity to integrate and process information, it being the task of the educator of the museum to plan learning situations in which the contents and methods are coherent with the development of understanding of each group, promoting a closer relationship between education and the museological process. In a complex society like that of Brazil, rich in diverse cultural manifestations, the role of museums is of fundamental importance for the valorization of the cultural heritage as a strategic device for improving the democratic processes. To fulfil its role in the educational process, the museum can be used in the service of society and its development
Keywords: museus
educação ambiental
educação patrimonial
Museu Oceanográfico UNIVALI
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Educação
Citation: SOTO, Alessandra Silva Correia. O museu como espaço educativo: uma proposta metodológica para o Museu Oceanográfico Univali. 2008. 103 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2008.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1797
Issue Date: 17-Oct-2008
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Alessandra Silva Correia Soto.pdf7,24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.