Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1807
metadata.dc.type: Dissertação
Title: A operação divisão: um estudo com alunos de 5ª série
metadata.dc.creator: Benvenutti, Luciana Cardoso
metadata.dc.contributor.advisor1: Cordeiro, Maria Helena Baptista Vilares
metadata.dc.contributor.referee1: Vizolli, Idemar
metadata.dc.contributor.referee2: Schlindwein, Luciane Maria
metadata.dc.description.resumo: Este estudo, que se fundamenta na teoria dos campos conceituais de Vergnaud (1991; 1996), propõe-se a caracterizar as estratégias de resolução escritas, produzidas por adolescentes que cursam a 5ª série para a solução de problemas de divisão, envolvendo partição e quotição. Participaram deste estudo 41 crianças e adolescentes da 5ª série do ensino fundamental de uma escola pública estadual de Camboriú, SC. O instrumento de coleta consistia em uma folha com quatro problemas de divisão, sendo dois de partição e dois de quotição, com resto e sem resto, nas quais os sujeitos registravam por escrito as suas estratégias de resolução de cada problema. Os registros produzidos pelos participantes foram analisados, sendo categorizadas as estratégias de resolução e os erros cometidos. A estratégia mais utilizada foi o algoritmo da divisão, mas observou-se que os participantes resolveram os problemas de várias maneiras e utilizando diversas operações, não se restringindo à utilização da operação da divisão com o respectivo algoritmo, como seria de se esperar, tendo em conta o seu nível de escolaridade. Foram analisados os erros encontrados na aplicação do algoritmo da divisão. Os mais frequentes foram os erros de tabuada, seguidos dos de execução do algoritmo. Foram encontradas respostas escritas em língua materna que não levavam em consideração os dados e as questões colocadas no enunciado dos problemas. Apenas três sujeitos trocaram os termos ao armar o algoritmo, o que sugere que quase todos compreendem o que os termos do mesmo representam ou que aprenderam a utilizar o número maior no dividendo e o menor no divisor. Concluiu-se que as crianças e os adolescentes, embora tenham utilizado como estratégia o algoritmo da divisão e poucos tenham errado a solução ao resolverem os problemas de partição e quotição, nem sempre mobilizaram os esquemas intelectuais próprios que têm à sua disposição
Keywords: campos conceituais
problemas de divisão
estratégias de resolução
conceptual fields
division problems
solution strategies
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Educação
Citation: BENVENUTTI, Luciana Cardoso. A operação divisão: um estudo com alunos de 5ª série. 2008. 61 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2008.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1807
Issue Date: 18-Dec-2008
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Luciana Cardoso Benvenutti.pdf3,32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.