Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1815
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Avaliação da aprendizagem na educação inclusiva: os discursos pedagógicos e clínicos
metadata.dc.creator: Leães, Izabela Terres
metadata.dc.contributor.advisor1: Hostins, Regina Célia Linhares
metadata.dc.contributor.referee1: Gesser, Verônica
metadata.dc.contributor.referee2: Mendes, Geovana Mendonça Lunardi
metadata.dc.description.resumo: A presente pesquisa - vinculada ao Grupo de Pesquisa Políticas Públicas de Currículo e Avaliação do PPGE da UNIVALI - teve como propósito aprofundar estudos sobre avaliação da aprendizagem, na perspectiva da Educação Inclusiva, a partir da análise dos discursos pedagógicos e clínicos sobre alunos com necessidades educacionais especiais matriculados em escola da Rede Municipal de Ensino de Itajaí/SC. Decorridas duas décadas de implantação das políticas de integração e de educação inclusiva no Brasil (1980) observa-se que importantes iniciativas foram desenvolvidas como: garantia do acesso, implantação do atendimento educacional especializado na maioria dos municípios, aquisição de recursos pedagógicos e tecnológicos, no entanto, há inúmeras lacunas, entre elas a avaliação da aprendizagem, que comprometem de forma direta o desempenho do aluno, sua participação, aprendizagem e continuidade nos níveis mais elevados do ensino. A abordagem metodológica adotada caracterizou-se pelo enfoque qualitativo, com base em pesquisa documental e análise do discurso. Relatórios descritivos dos professores e do atendimento médico e especializado foram às principais fontes de análise, no sentido de compreender as vozes que participam do discurso sobre a avaliação da aprendizagem de alunos com necessidades educacionais especiais. Um olhar mais atento aos relatórios suscitou dois importantes eixos de análise: o discurso fortemente marcado pelo silenciamento pedagógico e o jogo de repasses de um aluno de ninguém . Para aprofundar a compreensão dos discursos procurou-se estabelecer um diálogo com interlocutores como Vygotsky e Bakthin, sustentados na abordagem histórico-cultural, mediante articulações com estudos de Eni Orlandi, no campo da análise do discurso. Com a mediação desses interlocutores foi possível observar as contradições e o jogo de repasses em um discurso que manifesta formações discursivas historicamente construídas. O estudo revelou a falta da informação pedagógica nos registros do processo de aprendizagem do aluno; o silêncio sobre os conhecimentos trabalhados e a resposta do aluno a esse ensino. Evidenciou traços marcantes de um movimento ou de um fluxo constante e vicioso de repasse do aluno ninguém , do professor para o médico, do médico para o atendimento especializado, e desse para a escola, num eterno retorno sem saídas. Nesse processo, muitos olham para ninguém e se lhe perguntarem quem efetivamente o viu, ele poderá dizer: ninguém, ninguém, ninguém
Keywords: educação inclusiva
avaliação da aprendizagem
discurso pedagógico
discurso clínico
inclusive education
learning evaluation
pedagogical discourse, clinical discourse
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Educação
Citation: LEÃES, Izabela Terres. Avaliação da aprendizagem na educação inclusiva: os discursos pedagógicos e clínicos. 2010. 65 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2010.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1815
Issue Date: 17-Dec-2010
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Izabela Terres Leaes.pdf475,96 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.