Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1826
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Prevenção materno-infantil e dispositivos pedagógicos: o óbvio e o obtuso numa relação necessária
metadata.dc.creator: Debrassi, Patrícia
metadata.dc.contributor.advisor1: Hostins, Regina Célia Linhares
metadata.dc.contributor.referee1: Gesser, Verônica
metadata.dc.description.resumo: Este estudo se desenvolveu na linha de pesquisa Mídia e Conhecimento do Programa de Mestrado Acadêmico em Educação da Universidade do Vale do Itajaí (Univali). Com suporte teórico principalmente nas formulações de Foucault (2002, 2004, 2006) e Barthes (1990, 2006), a pesquisa teve como objetivo analisar as mensagens denotadas e conotadas de doze informativos sobre prevenção maternoinfantil distribuídos à população pela Secretaria de Saúde do município de Itajaí/SC e sua compreensão pelo público ao qual se destinam. Foram selecionadas, como sujeitos da pesquisa, cinco mulheres, mães ou parentes de alunos matriculados na Apae de Itajaí/SC e que estavam grávidas em novembro de 2008. O estudo se dividiu em dois momentos: no primeiro, as mulheres-mães realizaram a leitura denotada e conotada de três informativos, aos quais tiveram acesso no período gestacional ou que escolheram no ato da entrevista. No segundo momento, a pesquisadora procedeu à leitura das mensagens nessa mesma perspectiva. Os resultados da análise revelaram que os informativos produzidos com linguagem mais técnica (não popular) e imagens que remetem a mensagens conotadas, cuja interpretação exige conhecimento prévio sobre o assunto e análise mais atenta, foram de difícil leitura e compreensão pelas participantes do estudo. Aqueles com mensagens caracterizadas por objetividade e clareza textual, associadas a imagens significativas para as leitoras, foram mais bem compreendidos. Os principais critérios de escolha dos informativos pelas entrevistadas foram as ilustrações, o formato e a relação com situações cotidianas. Algumas mensagens que contradizem as indicações médicas não foram percebidas pelas entrevistadas. As falas das mães gestantes se dirigiram aos filhos, a outras mulheres e não a si mesmas. Dentre as ações de prevenção que não foram realizadas no período pré-natal dessas gestantes, destaca-se a escuta ativa, que inclui esclarecimento de dúvidas e informações sobre o que vai ser feito durante as consultas no serviço público de saúde e as condutas a serem adotadas. Observou-se a ausência de informativos que abordem o que é necessário saber e fazer antes, durante e depois da gestação. Verificou-se também a inobservância de práticas simples, mas capazes de prevenir deficiências e transtornos sérios de saúde, como a indicação do consumo de ácido fólico e ferro durante a gravidez e orientações nutricionais. O maior problema se refere à comunicação deficitária e ineficiente entre as instituições de governo e a população. Esta investigação mostrou que o cuidado de si está fortemente imbricado em sistemas de saber e dispositivos de poder que fazem repensar o comprometimento e a ética dos sujeitos em suas práticas do cuidado de si e do outro. Constatou-se a urgência de estimular as mulheres-mães a problematizar as questões que lhes dizem respeito, a interrogar suas condutas e a refletir sobre o seu papel na complexa teia de relações de poder na qual estão inseridas
Keywords: dispositivos
prevenção materno-infantil
cuidado de si
devices
maternal-infant prevention
self-care
Ensino - Meios auxiliares
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Educação
Citation: DEBRASSI, Patrícia. Prevenção materno-infantil e dispositivos pedagógicos: o óbvio e o obtuso numa relação necessária. 2010. 177 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2010.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1826
Issue Date: 26-Feb-2010
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Patricia Debrassi.pdf3,83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.