Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1834
metadata.dc.type: Dissertação
Title: INTERAÇÃO ENTRE PROFESSOR E ALUNO DURANTE O DESENVOLVIMENTO DE ESTRATÉGIAS DE APRENDIZAGEM DA LINGUAGEM ESCRITA
metadata.dc.creator: Gomes, Milena Soares
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira, Valeria Silva
metadata.dc.contributor.referee1: Garcia, Tânia Maria Figueiredo Braga
metadata.dc.contributor.referee2: Borba, Amândia Maria de
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa teve o objetivo de investigar as interações professor-aluno durante as atividades que objetivassem a aprendizagem da linguagem escrita. Para tanto, investigamos suas ações e decisões durante o processo de aprendizagem da linguagem escrita de seus alunos, sendo os objetivos específicos: verificar as atividades realizadas que contribuem para a compreensão da linguagem escrita e identificar de que forma as atividades pedagógicas potencializam a interação para o aprendizado da linguagem escrita. Neste estudo, partimos do pressuposto de que, desde cedo, é importante que se dêem condições para que o aluno tenha experiências variadas com a língua escrita. Nessa perspectiva, uma sala textualizada deve ser potencialmente significativa, criando nos alunos a necessidade de comunicar-se, para que possam aprender elaborando e construindo significados numa interação dinâmica e permanente com os textos existentes ao seu redor. Concordamos com a perspectiva histórico-cultural de Vygotsky (1994; 2003), a qual destaca que a linguagem é o principal instrumento simbólico de representação da realidade e desempenha um papel fundamental, mediando a passagem das funções psicológicas elementares, para as funções psicológicas superiores. Realizamos uma investigação numa abordagem qualitativa, com base nos trabalhos de Fazenda (1997), Lüdke e André (1986), Bogdan e Biklen (1994), Vianna (2003) e Patto (1991). Fizeram parte desta pesquisa duas professoras de 1ª série da Rede Municipal de Ensino e seus alunos. As observações ocorreram em três sessões durante o desenvolvimento de atividades de linguagem escrita. Os eixos de observação foram inspirados em Bondioli (2004): espaço, participantes, atividades, agrupamentos e modalidades de gestão. Os registros foram feitos primeiramente em um diário de campo e transcritos com uma préanálise para um quadro organizador, denominado Quadro Analítico. As análises finais foram realizadas a partir dos dois objetivos desta pesquisa, em dois momentos distintos. No primeiro momento analisamos os dados conforme as seguintes dimensões: à entrada no mundo da escrita, à participação do aluno em situações em que a escrita e a leitura adquiram significado, ao processo de compreensão das relações entre a oralidade e a escrita e compreensão do sistema alfabético, e, por fim, à compreensão e produção de textos escritos. Em um segundo momento, analisamos as situações em que as professoras promoveram pistas significativas para a compreensão do sistema alfabético. Identificamos nas cenas observadas, diferentes tipos de interações estabelecidas entre as professoras e seus alunos. A partir daí, caracterizamos dois grandes grupos de interação: Interação do tipo Aproximada e Interação do tipo Distanciada. Em síntese, destacamos que não é só a atividade que produz interações do tipo Aproximada ou Distanciada. É a intencionalidade e a ação do professor, seus conhecimentos a respeito da construção da escrita e sua sensibilidade em relação às necessidades de seus alunos que potencializam a atividade. A partir desta pesquisa, consideramos que as demonstrações, explicações, colocações, justificativas e questionamentos empreendidos pelas professoras foram fundamentais no processo de aprendizagem da linguagem escrita, promovendo situações que incentivaram a troca entre os alunos e o acesso à diferentes fontes de conhecimento da linguagem escrita. Constatamos que a forma de organização do espaço e os portadores de escrita, tornam-se essenciais. Portanto, as hipóteses que as crianças constroem a respeito da escrita são influenciadas pela qualidade do material disponível. Neste sentido, destacamos que, além de promover atividades que despertem o desejo dos alunos para a compreensão da escrita alfabética, é importante o professor estar atento quanto à ação motivadora, valorizando a construção do aluno, expressando seus avanços e mobilizando o aluno a investigar e a enfrentar os desafios de aprender um sistema de escrita com segurança. Momentos de atendimento individual, ou seja, uma interação professor-aluno do tipo aproximada, são imprescindíveis para a construção da linguagem escrita, já que o sistema alfabético é, antes de tudo, um código arbitrário, convencional, que exige a presença de um outro que domine este código e forneça pistas sobre seu funcionamento.
Abstract: The objective of this research is to investigate teacher-student interactions during activities aimed at teaching written language. With this purpose, we investigated the teachers actions and decisions, during their students process of learning written language, with the following specific objectives: To determine the activities carried out which contribute to the understanding of written language, and to identify the way in which the teaching activities enable interaction for the learning of written language. In this study, we take the premise that it is important to expose the student, from an early age, to a variety of experiences involving written language. From this perspective, a textualized classroom should be potentially meaningful, creating in the students a need to communicate, so that they can learn through the elaboration and construction of meanings, in a dynamic and permanent interaction with the texts around them. We agree with the historical-cultural perspective of Vygotsky (1994; 2003), who emphasizes that language is the principal symbolic tool for representing reality, playing a fundamental role, mediating the passage from the elementary psychological functions to higher psychological functions. With the above objective, we carried out a qualitative investigation, based on the works of Fazenda (1997), Lüdke and André (1986), Bogdan and Biklen (1994), Vianna (2003) and Patto (1991). Two teachers and their pupils took part in this study, from the 1st series of the Municipal Education Network. The observations were made in three sessions, while the written language activities were in progress. The axis of observation were based on Bondioli (2004): space, participants, activities, groupings and types of management. The records were made first in a field diary, and then transcribed, with pre-analysis, to an organizing chart known as the Analytical Framework. The final analyses were carried out based on the two objectives of this research, at two separate times. Firstly, we analyze the data according to the following dimensions: entry to the written world, students participation in situations where writing and reading acquire meaning, the process of understanding the relations between orality and the written word and understanding the alphabet system, and finally, the understanding and production of written texts. Secondly, we analyze the situations in which the teachers promote significant clues for understanding the alphabet system. We identify, in the scenes observed, different types of interaction established between the teachers and their students. From this, we characterize two major interaction groups: Interaction of the Approximated type and Interaction of the Distanced type. In summary, we highlight that it is not only the activity itself which produces interactions of the Approximated or Distanced types; it is also the teachers intention and actions, their knowledge of the construction of the written word and their sensitivity to their students needs, which make this activity possible. Based on this research, we believe that the demonstrations, explanations, ideas, justifications and questions used by the teachers were based on the process of learning written language, promoting situations which encourage exchange between the students, and access to different sources of knowledge about written language. We observe that the way in which the space is organized, and the carriers of the written language, are essential, However, the hypotheses which children construct about the written word are influenced by the quality of the material available. In this sense, we emphasize that besides promoting activities which stimulate the students interest in understanding the written alphabet, it is important for the teacher to be attentive in terms of motivating action, valorizing the student s construction, praising his or her achievements, and mobilizing the student to investigate and confront the challenges to learning a writing system safely. Moments of individual attention, i.e. teacher-pupil interaction of the approximated type, are essential for constructing written language, since the alphabet system is, above all, an arbitrary, conventional code, which requires the presence of another person who has mastered this code, and supplies clues as to how it works.
Keywords: interação
mediação
alfabetização
interaction
mediation
literacy
Análise de interação em educação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Educação
Citation: GOMES, Milena Soares. INTERAÇÃO ENTRE PROFESSOR E ALUNO DURANTE O DESENVOLVIMENTO DE ESTRATÉGIAS DE APRENDIZAGEM DA LINGUAGEM ESCRITA. 2006. 130 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2006.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1834
Issue Date: 17-Apr-2006
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Milena Soares Gomes.pdf1,41 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.