Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1847
metadata.dc.type: Dissertação
Title: AVALIAÇÃO ESCOLAR COMO INSTRUMENTO DE MEDIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA: DESAFIOS NO COTIDIANO ESCOLAR
metadata.dc.creator: Schütz, Maria Rosa Rocha dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferri, Cassia
metadata.dc.contributor.referee1: Carvalho, Diana Carvalho de
metadata.dc.contributor.referee2: Schlindwein, Luciane Maria
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo é fruto de uma pesquisa-ação realizada num grupo escolar da Rede Municipal de Itajaí, cuja intenção foi a de buscar respostas para a seguinte questão problema: Como os professores dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Itajaí utilizam os resultados da avaliação escolar dos alunos que apresentam Deficiência Mental e/ou Déficit Cognitivo para planejar e organizar a prática pedagógica? Para tanto, foi necessária a realização de seminários de estudos, no qual participaram como sujeitos da investigação três professoras que trabalham com alunos que possuem laudo de deficiência mental e/ou déficit cognitivo. O estudo está fundamentado nas contribuições de Vigotski e nos princípios da avaliação formativa. A investigação exigiu uma discussão em torno das seguintes questões: compreensões das professoras do processo de inclusão e suas concepções de aprendizagem, formação docente, prática avaliativa dos alunos com diagnóstico de deficiência mental e o planejamento das ações pedagógicas para promover as aprendizagens. Os dados forneceram informações, as quais revelaram que a inclusão dos alunos que possuem necessidades educacionais especiais no município, legitimou-se por meio de documentos legais. Todavia, a prática escolar ainda precisa ser repensada, tanto na questão do planejamento de ensino quanto na questão da avaliação da aprendizagem escolar, pois, as implicações destas na qualidade do ensino à diversidade são extremamente decisivas para a efetivação da inclusão escolar, exigindo uma postura pedagógica que compreenda os problemas na aprendizagem como construções sociais.
Abstract: This study is the result of a action-research carried out in a school in the Itajaí Municipal Education Network, which sought to answer the following question: How do teachers working in the Initial Years of Elementary Education, in the Itajaí Municipal Education Network, use the results of school assessment of students with Mental handicap and/or Cognitive Impairment, in the planning and organization of their teaching practice? With this aim, study seminars were carried out with the participation of three teachers, the subjects of this investigation, who work with students reported as having mental handicap and/or cognitive impairment. The study is based on the contributions of Vygotsky and the principles of formative assessment. The investigation required a discussion on the following questions: the teachers understanding of the process of inclusion and their concepts of learning, teacher training, the practice of assessing students diagnosed as mentally handicapped, and the planning of teaching actions to promote learning. The data supplied information which revealed that the inclusion of students with special educational needs in the municipal district is legitimized by legal documents. However, the school practice still needs rethinking, both in terms of educational planning, and the management of school assessment, since the implications of these on the quality of teaching to diversity are extremely decisive for the effectiveness of school inclusion, requiring a teaching attitude which views learning problems as social constructions.
Keywords: inclusão escolar
deficiência mental
avaliação da aprendizagem
school inclusion
mental handicap
learning assessment
Educação inclusiva
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Educação
Citation: SCHÜTZ, Maria Rosa Rocha dos Santos. AVALIAÇÃO ESCOLAR COMO INSTRUMENTO DE MEDIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA: DESAFIOS NO COTIDIANO ESCOLAR. 2006. 132 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2006.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1847
Issue Date: 23-Feb-2006
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Rosa Schutz.pdf773,53 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.