Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1863
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSantos, Kadine Priscila Bender dos-
dc.creator.IDCPF:00238737012por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2661496173125654por
dc.contributor.advisor1Ferreira, Valeria Silva-
dc.contributor.advisor1IDCPF:59929979972por
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4703579U4&dataRevisao=nullpor
dc.contributor.referee1Gesser, Verônica-
dc.contributor.referee1IDCPF:63860813900por
dc.contributor.referee1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4769588H2&dataRevisao=nullpor
dc.date.accessioned2015-08-26T18:45:35Z-
dc.date.available2012-05-31-
dc.date.issued2012-02-24-
dc.identifier.citationSANTOS, Kadine Priscila Bender dos. Contribuições para a fisioterapia a partir dos pontos de vista das crianças. 2012. 111 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2012.por
dc.identifier.urihttps://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1863-
dc.description.resumoEste estudo é vinculado à linha de pesquisa Prática Docente e formação profissional e discute a fisioterapia a partir dos pontos de vista das crianças. Apresenta como objeto de estudo a fisioterapia durante a infância e tem como principal objetivo ouvir o que as crianças dizem sobre a fisioterapia. Participaram deste estudo sete crianças com doenças crônicas que fazem fisioterapia por tempo indeterminado, em um hospital e em um centro de fisioterapia. Essas crianças foram entrevistadas a partir de questionamentos relativos à doença, ao tratamento e sobre brincar durante a fisioterapia, propondo-se, assim, pesquisar com as crianças e não sobre as crianças, com base no referencial de Corsaro (2009) e Sarmento (2005). Acredita-se que se preocupar com a qualidade de vida infantil é incluir a criança, é ouvi-la, é pensar não somente no seu futuro, pois o tempo da criança é o presente, ela é contemporânea. (ABRAMOWICZ; OLIVEIRA, 2010). Este estudo entende a infância como uma categoria social e compreende que as crianças com doenças crônicas necessitam de maior atenção quanto à sua qualidade de vida infantil. Além disso, traz a possibilidade de uma aproximação efetiva com a educação por meio da Sociologia da Infância e da Saúde no âmbito de humanizar a relação entre fisioterapeuta e criança. Portanto, identificou-se o quanto a criança é capaz de contribuir com a fisioterapia, pois elas demonstram conhecimento acerca da doença e da fisioterapia, e ressaltam a importância do brincar durante as sessões. Conclui-se que a interação da criança com o fisioterapeuta pode existir desde o momento da avaliação, e que essa interação permite contribuir na elucidação das intencionalidades das crianças, pois elas possuem objetivos com a fisioterapia. Há a necessidade de incluir mais a terapia lúdica, em que brincar na fisioterapia seja prazeroso, estimulante, na tentativa de objetivar o brincar terapêutico. Esse é o desafio. Por esse viés, pode-se dizer que reabilitar requer conhecimento pedagógico, e que o fisioterapeuta pode contribuir mais com a reabilitação da criança, quando utiliza a brincadeira, já que é inerente a ela o aprendizado. (FUJISAWA; MANZINI, 2010). Buscar ter em si as palavras e o olhar crítico das crianças em relação à fisioterapia possibilitou identificar que os fisioterapeutas que atuam em fisioterapia pediátrica e o Curso de Fisioterapia necessitam refletir no campo teórico e prático a respeito da infância, para que, assim, possa-se melhorar a qualidade de vida infantil, tendo como premissa um atendimento humanizadopor
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttps://siaiap30.univali.br/tede/retrieve/3931/Kadine%20Priscila%20Bender%20dos%20Santos.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade do Vale do Itajaípor
dc.publisher.departmentEducaçãopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUNIVALIpor
dc.publisher.programMestrado em Educaçãopor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectFisioterapia pediátricapor
dc.subjectInfânciapor
dc.subjectTerapia lúdicapor
dc.subjectQualidade de vidapor
dc.subjectHumanizaçãopor
dc.subjectPediatric Physical Therapyeng
dc.subjectChildhoodeng
dc.subjectTherapeutic playeng
dc.subjectQuality of lifeeng
dc.subjectHumanizationeng
dc.subjectPrática de ensinopor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
dc.titleContribuições para a fisioterapia a partir dos pontos de vista das criançaspor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Kadine Priscila Bender dos Santos.pdf1,49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.