Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1968
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Ecologia da paisagem dos maciços costeiros do centro-norte de Santa Catarina
metadata.dc.creator: Ziembowicz, Taciana
metadata.dc.contributor.advisor1: Marenzi, Rosemeri Carvalho
metadata.dc.contributor.referee1: Branco, Joaquim Olinto
metadata.dc.contributor.referee2: Resgalla Junior, Charrid
metadata.dc.description.resumo: Os maciços costeiros no centro-norte catarinense ainda apresentam remanescentes de Floresta Ombrófila Densa (Mata Atlântica) e de vegetação de restinga, estando comprimidos entre trechos urbanos e o mar. Devido à intensa pressão antrópica sobre essas áreas costeiras e a relevância da biodiversidade para o adequado funcionamento dos ecossistemas litorâneos objetivou-se analisar a ecologia da paisagem por meio do uso e a cobertura do solo, dos aspectos sócio-culturais, geológicos/geomorfológicos e estrutura espacial da paisagem dos Maciços Costeiros da Praia Vermelha, em Penha, Cabeçudas, em Itajaí e Costa Brava, em Balneário Camboriú. Para isso, utilizou-se como espécie-chave Euterpe edulis, considerando a sua presença como indicadora de integridade ecológica. Foram utilizadas imagens de satélite processadas no SPRING 5.1.5, saídas de campo, entrevistas com a população residente e visitante e medidas da paisagem (forma, perímetro e área). Resultou em mapas temáticos com as informações do uso e cobertura do solo, distribuição das manchas de vegetação e a geologia desses Maciços Costeiros, assim como avaliação da integridade ecológica e análise de ameaças e oportunidades. Foi possível perceber a ausência de Floresta Ombrófila Densa Clímax nos Maciços Costa Brava e Cabeçudas, nesse último também a ausência de Euterpe edulis. Além disso, pode-se concluir que a perpetuidade da biodiversidade é prejudicada pela fragmentação entre os três maciços, devido à ausência de corredores e a presença de sumidouros, tais como a BR-101, Interpraias e conurbação. Referente à geologia/geomorfologia definiu-se rochas do Complexo Granulítico de Santa Catarina no Maciço Costeiro Praia Vermelha; o Maciço Costeiro Cabeçudas é composto por rochas do Complexo Brusque, caracterizado pela presença de falésias que são muito vulneráveis e o Maciço Costeiro Costa Brava por rochas do Complexo Camboriú e Granito Guabiruba. Por fim, a respeito da sócio-cultura pode-se afirmar que os três maciços costeiros tem uma rica história cultural, mas pouco valorizada pelos turistas e moradores. A cultura açoriana predomina no maciço costeiro da Praia Vermelha, representado pela ocupação baseada na comunidade de pescadores. Por outro lado, o maciço costeiro de Itajaí desenvolveu-se pelas atividades portuárias e colonização mista entre alemães e açorianos. Por fim, o município de Balneário Camboriú teve uma ocupação diferenciada em relação aos outros dois municípios, com a migração dos teutos-brasileiros. O potencial turístico deve ter como base o ecoturismo, pois é a melhor forma de utilização das áreas dos maciços costeiros, onde a flora e a fauna terão a possibilidade de serem conservadas e valorizadas
Abstract: The coastal massifs of Santa Catarina s central coast still have remaining vestiges of Dense Ombrophylous Forest (Mata Atlântica) and Atlantic Coast (Restinga) vegetation: squeezed between the urban zones and the sea. Due to the intense anthropic pressures now placed on these coastal zones, and their crucial role in the biodiversity for the proper functioning of the coastal ecosystems, this study analyzed the ecology of the landscape in terms of land use and cover, sociocultural and geological and geomorphological aspects, and the spatial structure of the landscape, of the Coastal Massifs of Praia Vermelha, in Penha, Cabeçudas, in Itajaí, and Costa Brava, in Balneário Camboriú. The species Euterpe edulis was defined as the key species for this purpose, as its presence is considered an indicator of ecological integrity. Satellite images were used, processed using SPRING 5.1.1, together with interviews with members of the resident and tourist populations, and measurements of the landscape (shape, perimeter, and area). Based on these aspects, thematic maps were produced, with information on land use and vegetation cover, distribution of vegetation clusters and geology of these Coastal Massifs, with evaluation of the ecological integrity and analysis of threats and opportunities. It was found that Dense Ombrophylous Forest Climax vegetation is absent in two of the massifs (Costa Brava and Cabeçudas), and that Euterpe edulis is also absent in the latter. It is also concluded that the perpetuity of the biodiversity is harmed by the fragmentation between the three massifs, caused by the absence of green corridors between them, and the presence of sink zones, such as the BR-101, Interpraias and conurbation highways. In regards to the geological/geomorphological aspects, rocks of the Santa Catarina granulite complex were found at the Praia Vermelha Coastal Massif, characterized by the presence of cliffs that are highly vulnerable to erosion, and the Costa Brava Coastal Massif, characterized by rocks of the Camboriú complex and Guabiruba granite. Analyzing these three coast massifs from the sociocultural point of view, it is noted that they have a rich cultural history that is undervalued by tourists and residents. The Azorean culture is predominant on the coastal massif of Praia Vermelha, represented by occupation gathered around the fishing community. On the other hand, the municipality of Itajaí has developed based on its port activities and mixed colonization of people of German and Azorean descent. Finally, the town of Balneário Camboriú had a different occupation compared to the other two municipalities, with the migration of Teuto-Brazilians. The tourist potential should be based on ecotourism, as this is the best form of using the massif coastal areas, enabling the preservation of the flora and fauna
Keywords: Paisagem
Maciços Costeiros
Fragmentação de Habitat
Landscape
Coastal Massif
Fragmentation of Habitat
Biologia Costeira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Tecnologia e Gestão Ambiental. Ecossistemas Aquáticos
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental
Citation: ZIEMBOWICZ, Taciana. Ecologia da paisagem dos maciços costeiros do centro-norte de Santa Catarina. 2012. 111 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia e Gestão Ambiental. Ecossistemas Aquáticos) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2012.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/1968
Issue Date: 24-Feb-2012
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Taciana Ziembowicz.pdf4,21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.