Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/2030
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorManerick, Rosa Maria dos Santos-
dc.creator.IDCPF:00336843917por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4556394269766282por
dc.contributor.advisor1Dias, Maria da Graça dos Santos-
dc.contributor.advisor1IDCPF:25761048949por
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9165346762332409por
dc.contributor.referee1Campos, Marcio-
dc.contributor.referee1IDCPF:14545500900por
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0687552927771004por
dc.contributor.referee2Melo, Osvaldo Ferreira de-
dc.contributor.referee2IDCPF:00226521915por
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/7510161072715252por
dc.date.accessioned2015-08-26T18:46:23Z-
dc.date.available2007-02-13-
dc.date.issued2006-09-28-
dc.identifier.citationMANERICK, Rosa Maria dos Santos. UM NOVO PARADIGMA JURÍDICO SOBRE A FAMÍLIA: a ruptura do paradigma patrimonialista e a fundação de um paradigma centrado na afetividade e dignidade humana. 2006. 120 f. Dissertação (Mestrado em Fundamentos do Direito Positivo) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2006.por
dc.identifier.urihttps://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/2030-
dc.description.resumoO tema central deste trabalho é a análise de um novo paradigma para o Direito de Família através da fundação de um modelo afetual. As múltiplas possibilidades de modelos familiares situam-se no contexto histórico do declínio do patriarcalismo, mudanças econômicas, novas tecnologias e a compreensão das subjetividades desejantes. É neste contexto que o Direito de Família está reescrevendo nova realidade. Em outras palavras, tornou-se inconcebível construir qualquer doutrina, texto normativo ou jurisprudência para o Direito de Família sem que esteja contextualizado em uma concepção afetual, do estar-junto. Através do método dedutivo trazer-se-á uma breve narrativa da Família Romana, da Reforma Protestante e da Revolução Francesa. Passar-se-á, para a análise da Família Brasileira, desde sua formação clássica, pelo Casamento, até a necessidade do reconhecimento das novas formas de Família já existentes. Todas estas análises serão acompanhadas do estudo da Família na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, do Código Civil de 1916 e do Novo Código Civil Brasileiro de 2002. Buscar-se-á constituir o afeto, como novo paradigma das relações familiares, através de uma reflexão socioantropológica e psicanalítica sobre o afetual. Posteriormente, analisar-se-á a necessidade de superação do paradigma patrimonialista no Direito de Família, haja vista a prevalência dos interesses patrimoniais na antiga legislação brasileira. Buscar-se-á analisar as formas de família e a função atual da família brasileira fundamentada no paradigma Afetual. Correlacionando-o ao principio da Dignidade da Pessoa Humana, e enfatizando a contribuição da Política Jurídica na reconstrução de um novo Direito de Família.por
dc.description.abstractThe central focus of this work is the analysis of a new paradigma to family rights throuth de afectual model. The multiple possibilities of family models are due to historical context of the patriarcal decline , economical changes, new technologies and the subjective wishes comprehension. It is in this context that the family Rights are rewriting a new reality. In other words, it is not possible to build in any thought, normative text or jurisprudence to the family Rights without the afectual conception. Throught the deductive method a brief narrative of the Roman family, the protestant rebuild and the French revolution will be told, followed by the Brazilian family, since its classical formation, thorough marriage, up to the necessity of the new recognized family configuration nowadays. Whole analysis are supported by the teaching of the Federative Republic of Brazilian Constitution, the 1916 Civil Code and the 2002 New Civil Brazilian Code. Afection is pursuit as the new paradigma of the family liason, through the socialantropological psychanalitical reflexion of afection. After that, it is seen the patrimonialist paradigma of the family rights, considerig the prevalence of hte patrimonial interests of the older Brazilian laws. It is analysed the family configuration and nowadays afectual bases linked to the Human Been Dignity, enphasizing the Law Politics in the new family Rights rebuild.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttps://siaiap30.univali.br/tede/retrieve/4216/Rosa%20Maria%20dos%20Santos%20Manerick.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade do Vale do Itajaípor
dc.publisher.departmentFundamentos do Direito Positivopor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUNIVALIpor
dc.publisher.programMestrado em Ciência Jurídicapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectdireitopor
dc.subjectdireito positivopor
dc.subjectdireito de famíliapor
dc.subjectDireito de famíliapor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITOpor
dc.titleUM NOVO PARADIGMA JURÍDICO SOBRE A FAMÍLIA: a ruptura do paradigma patrimonialista e a fundação de um paradigma centrado na afetividade e dignidade humanapor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Rosa Maria dos Santos Manerick.pdf858,77 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.