Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/2061
metadata.dc.type: Dissertação
Title: O cotidiano como fundamento do direito na pós-modernidade: uma compreensão a partir da semiologia e da política jurídica
metadata.dc.creator: Aquino, Sérgio Ricardo Fernandes de
metadata.dc.contributor.advisor1: Dias, Maria da Graça dos Santos
metadata.dc.contributor.referee1: Melo, Osvaldo Ferreira de
metadata.dc.contributor.referee2: Oliveira, Heloisa Maria José de
metadata.dc.description.resumo: A presente investigação científica pertence à Linha de Pesquisa Produção e Aplicação do Direito e ao Projeto de Pesquisa Fundamentos Axiológicos do Direito. Nesta pesquisa, pretende-se indagar se as manifestações culturais do cotidiano podem ser percebidas como fontes de criação do Direito em sua dimensão normativa. O discurso contido na norma deve ser a representação da vida de todos os dias e não uma promessa que se desvincula de um contexto social. Ao condicionar a produção do Direito no pensamento dos juristas (advogados, promotores, juízes, doutrinadores), este fenômeno irá ratificar e perpetuar o poder que existe nas instituições estatais. Por esse motivo, a Semiologia se torna o instrumento de análise dos discursos jurídicos. A linguagem da vida cotidiana, a partir do pensamento pós-moderno, resgata a significância da convivência em grupo e como a Opinião Pública pode traduzir sua vontade. Nessa linha de pensamento, a Política Jurídica torna-se a proposição epistemológica para compreender o Direito e sua adequação como manifestação cultural de um Estado democrático, tornando-o vivo e dinâmico.
Abstract: This research investigates whether day-to-day cultural manifestations can be perceived as sources for the creation of Law in its normative dimension. The discourse contained in the norm should be the representation of everyday life, and not a promise that is unrelated to the social context. Conditioning the production of Law in the thinking of jurists (lawyers, prosecutors, judges, doctrine makers), this phenomenon will ratify and perpetuate the power that exists in the state institutions. Semiology therefore is used as a tool for analyzing the legal discourses. Everyday language, based on post-modern thinking revives the significance of living as a social group, and how its desire can be expressed in Public Opinion. In this line of thought, Legal Politics becomes an epistemological proposal for understanding law and its adaptation as a cultural manifestation of a democratic State, making it living and dynamic
Keywords: cotidiano
semiologia
política jurídica
the everyday
semiology
legal policy
direito
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: BR
Publisher: Universidade do Vale do Itajaí
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Fundamentos do Direito Positivo
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Ciência Jurídica
Citation: AQUINO, Sérgio Ricardo Fernandes de. O cotidiano como fundamento do direito na pós-modernidade: uma compreensão a partir da semiologia e da política jurídica. 2007. 137 f. Dissertação (Mestrado em Fundamentos do Direito Positivo) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2007.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/2061
Issue Date: 16-Aug-2007
Appears in Collections:Importação Nova 20150826 Coleção

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Sergio Ricardo Fernandes de Aquino.pdf627,38 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.