Please use this identifier to cite or link to this item: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/2330
metadata.dc.type: Dissertação
Title: A leitura do literário e a sala de aula: mediações em/de leitura
metadata.dc.creator: Weiss, Claudia Suéli
metadata.dc.contributor.advisor1: Neitzel, Adair de Aguiar
metadata.dc.contributor.referee1: Hostins, Regina Célia Linhares
metadata.dc.contributor.referee2: Moraes, Taiza Mara Rauen
metadata.dc.contributor.referee3: Ferreira, Valéria Silva
metadata.dc.description.resumo: A leitura do literário é determinante na formação do sujeito. Por meio dela o leitor não só avança em termos cognitivos, bem como vivencia outros mundos, outros sabores, outras culturas ampliando suas possibilidades no conhecimento de si e de relacionar-se com o mundo. Esse processo, quando bem mediado pelo professor em sala de aula, poderá alcançar resultados capazes de forjar um novo sujeito leitor. Ao levar-se em consideração essas questões e a influência que a instituição escolar pode ter no alargamento do sujeito como leitor, esta pesquisa, vinculada à linha de pesquisa Cultura, Tecnologia e Processos de Aprendizagem do Programa de Pós-Graduação em Educação, Mestrado em Educação, da Universidade do Vale do Itajaí UNIVALI, apresenta um estudo com o propósito de problematizar acerca da potência da literatura analisando como ela pode ser mediada em sala de aula de forma a ampliar a formação estética dos leitores. Os objetivos da pesquisa são: (1) observar como se dá o encontro entre o leitor e a obra; (2) identificar as estratégias de leitura mais adequadas à concepção de leitura fruitiva; (3) ampliar a formação estética dos leitores por meio da leitura fruitiva; e (4) mediar a leitura para orientar as escolhas literárias. O percurso metodológico foi pautado pelos pressupostos da pesquisa qualitativa apoiados por Creswell (2010), com dados produzidos a partir de observações e narrativas dos alunos com o método da pesquisa-intervenção, aplicados em uma escola da rede de ensino estadual do município de Indaial/SC. As discussões apresentadas neste estudo estão ancoradas em um conjunto de teóricos que abordam a concepção da literatura fruitiva respaldadas por Petit (2013; 2010; 2009a; 2009b), Lajolo (2001; 1997; 1986), Eco (2003; 1997), Barthes (2013; 1980), Calvino (2007; 1990), Zilberman (2009; 2003), Todorov (2010; 2009) e a mediação literária, segundo as concepções de Martins (2014; 2012; 2011; 2005). Os resultados desta pesquisa apontam que: a) a escola, ao oferecer literatura, leva à sensibilização estética, deslocamentos e ampliação da visão do leitor, e atinge os objetivos de formação de leitores com proficiência na língua materna; b) por meio da mediação do professor os alunos se colocaram encantados ou espantados diante dos textos; c) as atividades de mediação literária nos encaminharam a perceber que um texto complexo também é capaz de encantar o aluno e afetá-lo se o professor mediador possibilitar em sala de aula encontros com esse texto, explorar sua potência estética; d) o trabalho com a literatura na escola pode sim colaborar para a humanização dos sujeitos leitores, quando sua função estética é respeitada; e) a escolarização do texto, muitas vezes, é inevitável, porém pode ser realizada de maneira apropriada, respeitando a função estética que o texto literário possui; f) o mediador, quando motivado, sente-se desafiado na busca de estratégias de leitura adequadas e que respeitem a função estética do texto; carece mediar as escolhas literárias de forma a humanizar as relações que se estabelecem e deixar emergir a sua voz; g) a escola é um lugar propício para a formação estética por meio da literatura e o professor é um mediador capaz de promover encontros entre obra e leitor; h) é possível planejar e implementar um projeto de formação de leitores, cujos textos permitam aos sujeitos dialogar com os escritos literários e ampliar sua relação estética com o livro de literatura, tornando-o um objeto contagiante, capaz de promover sensações e interpretações; i) o contato com os textos que permitem a fruição literária promovem uma experiência insubstituível que colabora para a formação estética dos leitores
Abstract: Reading literature is a crucial part of the Through it, the reader not only advances in cognitive terms, but also experiences other worlds, other flavors, and other cultures, expanding their opportunities in the knowledge of themselves and in their relationship with the world. This process, when properly mediated by the teacher in the classroom, can achieve results capable of forging a new reader subject. This research is part of the line of research Culture, Technology and Learning Processes, Postgraduate Program in Education, of the Master in Education of Universidade do Vale do Itajaí UNIVALI. By reflecting on these issues, and the influence that schools can have in extending the subject as a reader, this research presents a study on the power of literature, analyzing how it can be mediated in the classroom in order to increase the esthetic formation of readers. The research objectives are: (1) to observe how the meeting between the reader and the work occurs; (2) to identify the most appropriate reading strategies for the concept of enjoyable reading; (3) to expand the esthetic education of readers through enjoyable reading; and (4) to mediate reading in order to guide literary choices. The methodological approach was guided by the premises of the qualitative research supported by Creswell (2010), with data produced from observations and narratives, with the intervention-research method, applied to a state school in the town of Indaial, in the Brazilian state of Santa Catarina. The discussions presented in this study are anchored in a set of studies that address the design of enjoyable literature, as advocated by Petit (2013; 2010; 2009a; 2009b), Lajolo (2001; 1997; 1986) , Eco (2003; 1997) , Barthes (2013; 1980) , Calvin (2007; 1990), Zilberman (2009; 2003), Todorov (2010; 2009) and literary mediation, according to the concepts of Martins (2014; 2012; 2011; 2005). The results of this research show that: a) the school, by providing literature, is promoting esthetic awareness, displacement, and extension of the reader's view, and achieves the aims of reader's training, with proficiency in the mother tongue; b) through the teacher's mediation, the students are delighted or dismayed by the texts; c) the activities of literary mediation lead us to perceive that a complex text is also able to delight and affect the student, if the facilitator promotes encounters with this text, in the classroom, exploring its aesthetic power; d) work with literature in schools can indeed contribute to the humanization of the reader subjects, when its esthetic function is respected; e) adapting text to school is often inevitable, but can be carried out a, respecting the aesthetic function of the literary text; f) the mediator, when motivated, feels challenged to find appropriate reading strategies that respect the aesthetic function of the text; he or she simply needs to mediate the literary choices in order to humanize the relationships established, and let his or her voice emerge; g) the school is a suitable place for aesthetic education through literature, and the teacher is a capable mediator for promoting encounters between the literary work and the reader; h) it is possible to plan and implement a reader formation project that enables individuals to dialogue with the literary works and expand their aesthetic relationship with the work, making it a contagious object, capable of stirring feelings and interpretations; i) contact with the texts that allow literary enjoyment promote an irreplaceable experience that contributes to the aesthetic formation of readers
Keywords: Mediação, Potência, Leitores em formação, Competências leitoras, Literatura fruitiva, Formação estética
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade do Vale do Itajai
metadata.dc.publisher.initials: UNIVALI
metadata.dc.publisher.department: Pós-Graduação em Educação – PPGE
metadata.dc.publisher.program: Mestrado em Educação
Citation: Weiss, Claudia Suéli. A leitura do literário e a sala de aula: mediações em/de leitura. 2016. 157 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://siaiap39.univali.br/repositorio/handle/repositorio/2330
Issue Date: 22-Jun-2016
Appears in Collections:Dissertações - Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Claudia Sueli Weiss.pdfArquivo completo da dissertação16,33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.